A vaca do futuro virá da genética girolando

Dentre as diversas características de funcionalidade do gado girolando pode-se destacar a produtividade, a rusticidade, a precocidade, a longevidade e a fertilidade, além da alta capacidade de adaptação a diferentes tipos de manejo e clima

Os trabalhos de tropicalização da agricultura e da pecuária não param. Esse tem sido o papel da Embrapa desde a sua criação na década de 1970. A busca por animais adaptados e eficientes para os trópicos vem de longe. Para a produção de leite, o cruzamento das raças europeias com as zebuínas vem sendo testada há décadas. A eficiência da raça holandesa com a rusticidade das zebuínas encontrou no girolando uma ferramenta que deu certo. Os primeiros experimentos começaram por volta de 1940 e 1950.

Com as ferramentas da engenharia genética e uso da informática é possível acelerar o melhoramento genético. De acordo com o pesquisador Marcos Vinícius, da Embrapa Gado de Leite a “vaca do futuro” virá de algum grau de sangue girolando.

Fonte: https://www.nacaoagro.com.br/noticias/a-vaca-do-futuro-vira-da-genetica-girolando/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Caminhão tanque dará suporte às operações aéreas de combate a incêndios florestais

ter mar 10 , 2020
Equipamento que dará suporte a operações aéreas foi adquirido com recursos do Programa Rem Mato Grosso Veículo tem capacidade para dois mil litros de combustível, assegurando autonomia de 12 horas de voo Para realizar as operações aéreas contra crimes ambientais em regiões mais longínquas do Estado, Mato Grosso terá o […]