Alok rebate crítica sobre obra social “descontar no IR”: “Abri mão do lucro”

Via Quem

Alok (Foto: Reprodução/Instagram)

Alok tem gerado curiosidade no público desde que inaugurou seu projeto social, o Instituto Alok. Após receber crítica por doar R$ 27 milhões que “seriam descontados no Imposto de Renda”, o DJ se pronunciou nesta quarta-feira (16) e disse ter aberto mão do lucro.

Alok primeiro respondeu um comentário recebido pelo Instagram. “Não existe essa história de isenção de impostos. Qual a dificuldade de algumas pessoas simplesmente entenderem que eu abri mão do meu lucro para fazer investimentos sociais? Cada centavo arrecadado e investido será de acesso a todos”, começou ele, já citando a política de transparência do instituto.

Alok (Foto: Reprodução/Instagram)

“Muitos de vocês que me acompanham sabem que eu atuo em vários projetos sociais, não só no Brasil como fora. Acho importante trazer visibilidade a esses projetos e outras pessoas acabarem aderindo e acolhendo, mas vocês nunca ficam sabendo quando estou doando e o que estou fazendo, e não é para saber mesmo. Eu ia só lançar o instituto esta semana, mas como é de acesso a todos, acabou vazando o valor, pra vocês poderem acompanhar cada centavo investido e arrecadado”, continou.

“Abri mão do meu lucro para combater um pouco da desigualdade, trazer um pouco mais de inclusão e dignidade… mas eu entendo. Há dez anos, também pensava assim: ‘Pra quê fazer filantropia? Vai viajar para Paris’. Mas acontece que isso faz parte, para mim, de um propósito de vida. É o que me curou de depressão e o que não me faz mais voltar para esse lugar. Hoje eu me sinto completo”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Nova lei do Fust é sancionada e levará internet a locais sem acesso

qui dez 17 , 2020
Legislação prevê destinação de recursos para conectividade Via Agencia Brasil O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que atualiza as possibilidades de uso do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para permitir que as políticas governamentais de telecomunicações possam ser financiadas com esses recursos. Criado originalmente para a […]