Alunos de escola plena em Colíder (MT) desenvolvem história em quadrinhos em língua inglesa

Interdisciplinar, o projeto envolveu as disciplinas de ciências e matemática.

Via Assessoria Seduc/MT

Alunos interpreta uma história em quadrinhos em inglês Foto por: Divulgação

Alunos da Escola Plena Coronel Antônio Paes de Barros, localizada no município de Colíder (MT) desenvolveram história em quadrinhos em língua inglesa. Para que o projeto obtivesse êxito, os alunos do ensino fundamental, com a mediação e colaboração dos professores Antonio Marlon de Lima Ferreira, Josiane Aparecida Oliveira e Max José Pereira, desenvolveram a disciplina eletiva “Reciclar? Let’s Go”. Como se trata de um trabalho interdisciplinar, além da língua inglesa, o projeto envolveu as disciplinas de ciências e matemática.

A disciplina eletiva é integrante da parte diversificada do currículo da escola de tempo integral, cujo objetivo é potencializar as disciplinas da Base Comum, visando o protagonismo dos estudantes.

Segundo a professora Tatiana Andrea Geram, uma das idealizadoras dos trabalhos, o projeto envolveu todas as turmas do ensino fundamental, de 6º, 8º e 9º ano, totalizando cerca de 60 estudantes, que realizaram as atividades online.

Mesmo com atividades não presenciais, os alunos tiveram o cuidado com o meio ambiente, reutilização de material e consciência quanto ao correto descarte do lixo caseiro, no contexto da pandemia.

Para a produção da história em quadrilhos, alguns alunos de cada turma se dispuseram a produzir o enredo, tirar as fotos e utilizar o aplicativo Comica para produção final do trabalho, mediado pelos professores.

“A culminância (parte final do projeto) foi a elaboração de uma Comic Strip (história em quadrinhos), em língua inglesa, com a temática voltada ao meio ambiente”, salienta a professora.

No entendimento de Tatiana Andrea, o projeto foi de suma importância para que os discentes desenvolvessem a consciência ambiental, o protagonismo estudantil, o trabalho em equipe, potencializando habilidades concernentes às disciplinas de língua inglesa, ciências e matemática, e, também, exercitando a prática de autoria de texto por meio da tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

MT deve mais de R$ 560 milhões de empréstimo que fez para obras do VLT e dívida só será quitada em 2044

sex dez 18 , 2020
Entre os três contratos firmados para as obras de mobilidade relativas ao VLT, o estado já pagou mais de R$ 844 milhões. Via G1 MT Mato Grosso deve R$ 563,5 milhões do dinheiro que pegou emprestado para construir a obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que deveria ter sido […]