Após Briga Com Leonardo, Eduardo Costa Tem Mansão Bloqueada E Bens Penhorados Pela Justiça

Via Movimento Country

(Foto: Reprodução Internet)

Após fazer apelo para crise financeira e declarar falência, Eduardo Costa é surpreendido com intimação da Justiça e tem mansão penhorada por dívidas

Após expor crise financeira e revelar que está perto da falência por causa da pandemiaEduardo Costa, que esnobou gravadora após briga com Leonardo e deu declaração polêmica, foi impedido de vender mansão milionária e teve seus bens penhorados por causa de irregularidades.

Eduardo Costa, que agora tenta vender sua mansão em Belo Horizonte por R$ 12 milhões, teve seus bens penhorados após os antigos donos abrirem um processo judicial contra o sertanejo, o acusando de querer dar calote na compra.

Na ocasião, de acordo com a jornalista Fabíola Reipert, o cantor sertanejo comprou o imóvel por um valor em dinheiro e, para chegar ao valor necessário, abriu mão de uma casa, uma ferrari, uma lancha e um jetski.

No entanto, os donos foram surpreendidos ao descobrirem que os bens não estavam no nome do sertanejo e, revoltados, abriram um processo contra Eduardo Costa e penhoraram os bens do cantor, além de bloquear a mansão para a venda:

“A casa que ele deu foi construída em uma área irregular e os veículos não eram dele. Nada era dele. O imóvel está bloqueado, quem quiser comprar deverá pagar o dobro do valor”, explicou Fabíola. O processo segue em segredo na Justiça e não há mais informações sobre o desfecho.

Cantor faz desabafo sobre crise financeira

Eduardo Costaque foi vítima de duro golpe e fez apelo aos seus fãs, chocou ao revelar que tem passado por uma grande financeira após o rompimento com Leonardo, resultado da pandemia.

Em uma entrevista ao portal UOL, o cantor falou sobre a crise instaurada pela pandemia de Covid-19 e como isso tem afetado sua carreira, que agora é gerenciada pelo próprio após o rompimento com o Leonardo e a saída da Talismã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Policiais suspeitos de planejarem roubo a banco são presos com armas e ferramentas em MT

seg dez 14 , 2020
Apenas uma das armas estava irregular. Como não havia provas suficientes sobre o suposto roubo, foi estabelecido fiança e as armas e munições legalizadas foram devolvidas aos policiais. Via G1 MT Quatro pessoas foram presas, entre elas dois policiais militares, suspeitas de planejarem roubo a um banco de Campo Novo […]