Apreensão de droga na fronteira de MT com a Bolívia mais que dobra em 2020

Somente nos 12 meses de 2020, foram apreendidas mais de 14 toneladas de drogas. Já em 2019, esse montante chegou a seis toneladas.

Via G1/MT

Apreensões mais que dobraram entre 2019 e 2020 Foto: Sesp-MT/Assessoria

Nos últimos dois anos, mais de 20 toneladas de drogas foram apreendidas na extensão dos 983 km de fronteira, seca e alagada, de Mato Grosso com a Bolívia.

O montante é resultado das ações repressivas do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), unidade que compõe a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Somente nos 12 meses de 2020, foram apreendidas mais de 14 toneladas de drogas. Já em 2019, esse montante chegou a seis toneladas.

Droga foi apreendida pelo Gefron Foto: Gefron MT

Ainda segundo levantamento do Gefron, nos últimos 24 meses, as atividades desenvolvidas na fronteira resultaram em prejuízo ao crime de mais de R$ 381 milhões.

Somente de janeiro a dezembro de 2020, as drogas e bens retirados de circulação somaram cerca de R$ 298 milhões. Já no mesmo período de 2019, foram mais de R$ 83 milhões.

O tráfico de drogas ocorre na fronteira por meio fluvial, terrestre e aéreo. Automóveis, ônibus de linha regular, veículos de cargas, motocicletas, bicicletas e até mesmo pessoas, as chamadas “mulas”, são usadas para transportar as drogas.

O enfrentamento aos crimes chamados ‘transfronteiriços’ também conta com a atuação integrada de demais forças estaduais e federais, como Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Judiciária Civil (PJC), por meio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), Indea e Receita Federal.

Outras apreensões

Nos últimos dois anos, 607 ocorrências foram registradas na fronteira e as abordagens resultaram em 71 prisões por mandado judicial. Ao todo, 582 veículos foram apreendidos e/ou recuperados 98 armas de fogo e 2.346 munições foram retiradas de circulação.

Também no período, mais de 33 mil quilos em produtos de contrabando e/ou descaminho foram apreendidos.

O Gefron passou a operar na repressão aos crimes de fronteira em 13 de março de 2002.

Os 140 policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes na represso ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos.A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp, em Cuiabá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Estão abertas as inscrições para alistamento militar obrigatório

qua jan 6 , 2021
O prazo iniciou em 1º de janeiro e vai até 30 de junho Via Agencia Brasil Desde o início do ano está aberto o prazo de inscrição para o alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino que completam 18 anos durante o ano de 2021. O prazo […]