Buscas por menino que desapareceu em Lucas do Rio Verde (MT) são retomadas com ajuda de cão farejador em MT

Heitor Maciel, de 2 anos, passava o Natal com a família na propriedade e dormia com a mãe em um quarto. A mãe o deixou por alguns minutos e, quando voltou, não o encontrou mais.

Via G1/MT

Buscar por buscas por Heitor Maciel dos Santos são feitas com ajuda de cão farejador em MTFoto: Corpo de Bombeiros

As buscas por Heitor Maciel dos Santos, de 2 anos, que desapareceu nessa quinta-feira (24) em uma chácara de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, foram retomadas pelo Corpo de Bombeiros, neste sábado (26), com ajuda do Luke, o cão farejador da equipe.

Heitor passava o Natal com a família na propriedade e dormia com a mãe em um quarto. A mãe o deixou por alguns minutos e, quando voltou, não o encontrou mais.

Heitor Maciel dos Santos, de 2 anos, desapareceu em Lucas do Rio Verde Foto: Arquivo pessoal

Segundo os bombeiros, uma testemunha disse que viu uma criança parecida com Heitor às margens da MT-449, estrada próxima a propriedade da família. No entanto, o menino não foi mais visto pela região.

Bombeiros e cão farejador fazem buscas por Heitor Maciel dos Santos na região da chácara Foto: Corpo de Bombeiros

Desde o desaparecimento, equipes do Corpo de Bombeiros e um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) fazem buscas pelo garoto.

O caso é investigado pela Polícia Civil após os pais de Heitor registrar um boletim de ocorrência.

A mãe disse aos policiais que dormia com a criança em uma cama e se levantou para ajudar o marido a trocar um disjuntor na residência. O casal guardou algumas ferramentas e, quando foram até o quarto, não encontraram a criança dormindo.

Eles procuraram pelo menino e o chamaram, mas ele não estava na casa e nem perto da chácara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Média de mortes diárias por covid-19 no Brasil chega a 736,43

sáb dez 26 , 2020
Número interrompe sequência de altas desde o dia 14 Via Agencia Brasil As mortes diárias por covid-19 no Brasil, segundo a média móvel de sete dias, chegaram a 736,43 ontem (24). De acordo com os dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a média dessa quinta-feira interrompeu uma sequência de altas que vinha desde […]