Cartório Eleitoral de Colíder (MT) comunica retomada de atividades remotas e diplomação dos candidatos eleitos

Cartório da 23ª Zona Eleitoral retoma atividades remotas e anuncia data da diplomação dos candidatos eleitos.

Por Claudemir Gonçalves de Lima

Reportagem: Juliana Mani

Carlos Gomes, chefe do Cartório Eleitoral de Colíder – Foto: Arquivo Altonorte

Após os andamentos da eleição municipal deste ano realizado em 15 de novembro, o Cartório Eleitoral em Colíder (MT) comunica que está retomando suas atividades de forma remota das 12h às 19h conforme resolução nº 2.521/2020 do TRE/MT (Tribunal Regional Eleitoral).

Carlos Gomes, chefe do Cartório Eleitoral de Colíder informa que já estão ativas novamente as opções de serviços ao eleitor através da plataforma do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) permitindo ao cidadão fazer alistamento eleitoral, transferência, revisão do cadastro, segunda via do título, quitação de multas, justificativa entre outras possíveis regularizações pendentes com a justiça eleitoral.

Neste sentido, o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) disponibilizou um vídeo tutorial ensinando o passo a passo para o eleitor não se perder no momento da utilização da plataforma do Título Net, que dá acesso ao eleitor para as solicitações dos serviços. (Veja o vídeo tutorial abaixo).

“Orientamos aos eleitores que leiam com bastante atenção a documentação necessária para ser apresentada, anexada, dentro do sistema, porque passará por uma análise. Só o fato de você ter feito o procedimento dentro do Titulo Net não significa necessariamente que seu requerimento foi atendido , foi deferido“, explica Carlos Gomes.

As documentações do requerente, no caso o eleitor, passará por uma revisão para constatar a normalidade das documentações que serão aprovadas ou devolvidas. Dentro do site do TRE, o eleitor terá como acompanhar o curso dos requerimentos.

“Se o eleitor tiver pendencias em relação multas eleitorais, dentro do site do TSE ou do TRE também há possibilidade de emissão da guia de multa. Então o eleitor entra, emite a guia, paga no Banco do Brasil, e em até 48 horas essa multa será baixada. Lembrando que só vai conseguir fazer a regularização ou qualquer outra movimentação com o título após a baixa da multa“, explica detalhadamente o chefe cartorial de Colíder.

Sobre as justificativas, os eleitores que não votaram no primeiro ou no segundo turno têm até 60 dias para comprovar as ausências no pleito eleitoral deste ano. A justificativa também poderá ser feita no site do TSE através da plataforma chamada Justifica.

DIPLOMAÇÃO DOS CANDIDATOS ELEITOS

Referente aos candidatos eleitos, Carlos Gomes informou que o edital que trata da diplomação já foi publicado no diário oficial da Justiça Eleitoral. A diplomação deve ocorrer no dia 16 de dezembro de modo virtual. Portanto não haverá cerimônia presencial.

Conforme resolução do TRE/MT, o juiz eleitoral vai assinar os diplomas de forma digital em um sistema denominado Diploma Net. Após a assinatura do Juiz, o diploma estará disponível para que o candidato possa acessar e imprimir.

DÚVIDAS?

Em caso de dúvidas, o Cartório Eleitoral de Colíder (MT) disponibiliza o telefone comercial com WhatsApp (66)3541-1344 e o e-mail [email protected]

VEJA A ENTREVISTA COM CARLOS GOMES, CHEFE DO CARTÓRIO ELEITORAL DE COLÍDER (MT):

Reportagem: Juliana Mani
Vídeo explicativo do TRE/MT
Imagem: arquivo Altonorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Presidente da Assembleia Legislativa de MT Eduardo Botelho recebe Hemerson Máximo em Cuiabá: "pode contar conosco"

qua dez 9 , 2020
“Pode contar conosco aqui da Assembleia Legislativa para ajudar vocês nesta empreitada lá a fazer uma grande gestão por Colíder”, enfatizou Eduardo Botelho. Hemerson Máximo recebeu apoio do presidente da ALMT para reforma do Hospital Regional de Colíder (MT). Por Claudemir Gonçalves de Lima Em mais um compromisso político agendado […]