China e países árabes devem manter exportações de carne angus aquecidas em 2021

Segundo especialista, os compradores estrangeiros estão cada vez mais interessados em um produto de alta qualidade

Via Canal Rural

Imagem ilustrativa: @internet

As exportações de carne bovina angus certificada bateram recorde neste ano, com crescimento de 31%, totalizando 531.528 de janeiro a novembro deste ano, segundo a Associação Brasileira de Angus. Para Ana Doralina Menezes, gerente do programa carne angus certificada, os compradores estrangeiros estão cada vez mais interessados em um produto de alto padrão.

“Quando os principais importadores de carne angus procuram pelo produto brasileiro, eles não estão apenas comprando a commoditie, mas sim adquirindo uma mercadoria de qualidade”, destaca Ana. “As exportações foram recordes e devem continuar aquecidas em 2021, principalmente para mercados como China, Irã e Arábia Saudita”, complementa.

Ainda segundo a gerente do programa carne angus certificada, a expansão de mercado representa um reconhecimento às técnicas de marmoreio, que garantem mais sabor à carne.

Ana Doralina também fala qual a principal característica para quem pensa em investir em carne angus certificada. “O importante é o produtor conhecer sua propriedade e saber onde ele precisa melhorar para obter animais cada vez mais jovens e mais pesados”, ressalta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Trabalhador pode solicitar saque de R$ 1.045 do FGTS até quinta-feira

ter dez 29 , 2020
Recursos podem ser retirados de contas ativas e inativas Via Agencia Brasil O prazo para saque emergencial de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) termina nesta quinta-feira (31). O valor do saque considera a soma dos saldos de todas as contas ativas e inativas […]