Com novos instrumentos musicais Escola de Alta Floresta reativa banda parada há 20 anos

Participar da banda pode potencializar as capacidades cognitivas do estudante contribuindo para a melhoria da aprendizagem

A banda será uma das atrações para o ano letivo de 2020 – Foto por: Divulgação

A Escola Estadual Vitória Furlani da Riva, localizada no município de Alta Floresta (a 803 quilômetros ao norte da Capital) já pode formar sua banda marcial. É que no final de abril, a unidade escolar recebeu 28 instrumentos musicais que foram disponibilizados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) através do Projeto de Arte, Música e Comunicação (Educarte). Com os novos instrumentos, a escola poderá viabilizar a formação de uma nova banda, desativada na década de 90.

A satisfação é tanta que o regente da banda municipal de Alta Floresta, Valmir Teixeira, esteve na escola para conferir os instrumentos e colaborar no início dos trabalhos, assim que o ano letivo for retomado.

“A reativação da banda marcial escolar era um sonho que toda a comunidade escolar tinha. E esses instrumentos vieram justamente para alavancar essa nossa meta. A banda vai contribui para o senso de pertencimento do estudante junto prática do civismo, além da elevação do nome da escola junto a sociedade”, destaca o coordenador pedagógico da escola, Cristiano de Oliveira Azevedo.

No entendimento do coordenador, participar da banda pode potencializar as capacidades cognitivas do aluno contribuindo para a melhoria da aprendizagem.

O regente Valmir Teixeira checa dos instrumentos.
Créditos: Divulgação

O regente da banda municipal, com experiência de mais de 20 anos, ressalta que a música tem o poder de estimular os sentidos da pessoa, além de promover uma maior habilidade, compreensão de representação no que se refere a criação musical. Ao trabalhar diversos instrumentos, evidencia as habilidades do estudante.

“Além da questão de habilidade, concentração, temos a disciplina na hora de tocar o instrumento, e isso vai refletir na sala de aula, dentro de casa. A causadora de desses benefícios é a aprendizagem musical a participar. A escola está de parabéns ao retomar a banda”, comemora.

Os instrumentos musicais beneficiaram 52 escolas estaduais. Trata-se de uma parceria entre a Seduc e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação (MEC). As entregas iniciaram em dezembro de 2019.

A banda marcial escolar faz parte do Projeto Educarte que enviou para as escolas contempladas informações para o desenvolvimento das aulas utilizando os instrumentos musicais.

Fonte: http://www2.seduc.mt.gov.br/-/14319123-com-novos-instrumentos-musicais-escola-de-alta-floresta-reativa-banda-parada-ha-20-anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Seduc oferta cursos de formação à distância na área de educação especial

qua maio 6 , 2020
Serão ofertadas 900 vagas para professores da Educação Básica. As inscrições serão abertas no período de 11 a 17 de maio e poderão ser feitas no site do Casies. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (Casies), […]