Comércios de serviços não essenciais em Cuiabá podem ser multados em até R$ 6,5 mil se abrirem as portas

Os serviços considerados não essenciais devem manter suspensos para o atendimento presencial até o dia 21 de abril.

Região central está com as ruas vazias após fechamento do comércio — Foto: Flávio Coelho/TVCA

A partir de segunda (13) os comércios de serviços não essenciais podem ser multados em Cuiabá se abrirem as portas. A equipe de fiscalização da prefeitura da capital pode multar o comércio em até R$ 6.500.

De acordo com o decreto municipal, apenas os serviços essenciais podem funcionar em Cuiabá. Os serviços considerados não essenciais devem ficar fechados para o atendimento presencial até o dia 21 de abril.

Para não perder os clientes, a empresária Patrícia Araújo teve q se reinventar usando o serviço de entrega para manter o salário dos colaboradores.

“Tive que impulsionar a propaganda nas redes sociais de entrega de marmita, fazer panfletos e distribuir para locais que estão funcionando, como bancos. O que está entrando é para manter as necessidades”, afirma.

Em outro restaurante, o faturamento caiu cerca de 70%. Para manter o negócio aberto, a empresária Joyce Barbosa de Souza fez acordo com os funcionários e tenta renegociar os aluguéis.

“Nós estamos trabalhando com 30% de venda, mas é o que a gente pode fazer no momento. Reduzimos a carga horária, todos tiveram que perder um pouco, mas conseguimos entrar em um consenso”, afirma.

O comerciante que não cumprir o decreto da Prefeitura Municipal de Cuiabá pode ser punido. Rafael Mestre, fiscal da prefeitura, conta que os comércios só podem funcionar na modalidade delivery e serviços online.

A multa vai de R$ 650 e R$ 6.500. A fiscalização é feita de segunda a domingo das 19h às 23h.

Fonte: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2020/04/13/comercios-de-servicos-nao-essenciais-em-cuiaba-podem-ser-multados-em-ate-r-65-mil-se-abrirem-as-portas.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Cestas básicas começam a chegar aos municípios de Mato Grosso

seg abr 13 , 2020
Parceria entre a primeira-dama Virginia Mendes e a Polícia Militar atendeu a famílias carentes de Rondonópolis As cestas básicas da campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus já começaram a chegar ao interior do Estado. Numa parceria com a Polícia Militar, algumas famílias carentes da cidade […]