Confira a previsão do tempo para o fim de semana

Outono começa ainda com boa quantidade de chuva em vários pontos do Brasil

Sábado, 21

Sul

No sábado, o tempo firme continua se espalhando pela região Sul devido ao avanço da massa de ar seco, que inibe a formação de nuvens carregadas e deixa maior amplitude térmica. Além disso, aumenta o potencial para formação de nevoeiros ao amanhecer na faixa leste da região, inclusive em todas as regiões Metropolitanas. Chuva rápida e fraca apenas no litoral norte gaúcho, no litoral catarinense, no leste e norte do Paraná ainda sob a influência de instabilidades em altos níveis da atmosfera e também os ventos úmidos que sopram do mar.

Sudeste

O dia será de chuva em praticamente todo o Sudeste. Aliás, condição de céu nublado e chuva a qualquer momento do dia desde o Vale do Paraíba, sul de Minas, Rio de Janeiro e até o sul do Espírito Santo. Com o avanço costeiro de uma frente fria, a chuva começa a ganhar força entre a metade norte de Minas Gerais e o Espírito Santo também, volumes em torno de 50 mm. 

Na maior parte de São Paulo a chuva já perde intensidade e o risco de transtornos diminui inclusive na Região Metropolitana, mas a umidade que vem do mar ainda deixa o tempo instável e com temperaturas mais amenas. Por fim, o oeste paulista fica com tempo mais firme desde cedo.

Centro-Oeste

A chuva ainda se espalha por praticamente todo o Centro-Oeste. Ainda chove de forma volumosa em boa parte do estado de Mato Grosso e desta vez, grandes volumes também podem ser registrados em Goiás e no Distrito Federal. Isso acontece por causa de uma área de baixa pressão atmosférica que se forma no centro da Região. Por outro lado, a chuva começa a perder intensidade sobre Mato Grosso do Sul e no sul do estado, já tem condição de tempo firme e com maior amplitude térmica.

Nordeste

Pouca coisa muda e a chuva ainda se espalha pela maior parte do Nordeste. Condição de chuva volumosa desde o sul da Bahia até o Maranhão, mesmo que sejam pancadas rápidas, intercaladas com períodos de sol e calor. O tempo firme predomina de forma pontual apenas no leste da Paraíba e de Pernambuco, por conta da presença de uma massa de ar seco que inibe a formação de nuvens carregadas nesta área.

Norte

Há condição de chuva no Norte do Brasil, ainda que sejam pancadas rápidas, intercaladas com períodos de melhoria. Atenção aos altos volumes de chuva previstos no Acre, Rondônia, sul do Amazonas, metade sul e nordeste do Pará e no estado do Tocantins. Vale ressaltar que a exceção continua sendo Roraima e Amapá, ambos com tempo firme. A sensação de abafamento continua.

Domingo, 22

Sul

A expectativa é de tempo firme em praticamente toda a região Sul do Brasil. Ainda pode chover eventualmente de forma fraca, desde o litoral norte gaúcho até o litoral do Paraná devido a circulação dos ventos úmidos que sopram do mar contra a costa. Além disso, nestas áreas a umidade mais elevada ainda favorece a formação de alguns nevoeiros ao amanhecer. No oeste da região, no entanto, atenção com a subida das temperaturas máximas e a queda da umidade relativa do ar, em relação aos últimos dias.

Sudeste

As instabilidades seguem avançando na costa entre o Sudeste e o Nordeste do Brasil, e com isso ainda tem condição para chuva volumosa entre a metade norte mineira e o Espírito Santo. Há previsão de rajadas de vento na casa dos 50km/h e não se descarta o risco de transtornos nestas áreas. 

O céu continua bastante carregado e pode chover a qualquer momento desde o norte fluminense até o norte capixaba, pegando a faixa leste e região central mineira também. Por outro lado, com a chegada de uma massa de ar seco, a expectativa é de tempo firme mas com temperatura amena no oeste, centro e parte da Região Metropolitana de São Paulo.

Centro-Oeste

Uma massa de ar seco que predomina entre o Sul e o Centro-Oeste deixa o tempo firme em toda a metade sul de Mato Grosso do Sul. Porém, ainda há áreas de instabilidade provocando chuvas em outras áreas do Brasil Central, com pancadas rápidas, intercaladas com períodos de sol e calor. Volumes significativos são esperados desde o noroeste mato-grossense até a capital federal.

Nordeste

O tempo continua instável e pancadas de chuva ainda se espalham. De modo geral, volumes significativos ainda podem ser registrados no Maranhão, no Piauí, no interior da Bahia. Porém, o maior alerta vai para o sul baiano com possibilidade de chuva em torno de 80mm devido a aproximação de uma frente fria e aos ventos úmidos que sopram do mar. Há previsão de rajadas na costa baiana na faixa dos 70 km/h.

Norte

Pouca coisa muda e a chuva ainda se espalha pela maior parte da região Norte. Pancadas rápidas, mas que podem vir com volumes em torno de 50mm, ainda podem se espalhar desde o Acre até o Tocantins. Apenas entre Roraima e Amapá é que as chuvas ocorrem entre períodos prolongados de tempo firme.

Fonte: https://tempo.canalrural.com.br/noticias/2020-03-20/confira-a-previsao-do-tempo-para-o-fim-de-semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Voz do Agro - Ronaldo Vinha

sáb mar 21 , 2020