Fiscais da Sema-MT flagram desmatamento ilegal em Unidades de Conservação em MT

Quatro suspeitos foram multados e receberam voz de prisão após flagrante

Via Assessoria Sema/MT

Madeira apreendida pela Sema Foto por: Assessoria

No último fim de semana uma equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreendeu 80 m³ de toras de madeira provenientes de extração ilegal e aplicou R$ 150 mil em multas por danos a Unidades de Conservação na Estação Ecológica Rio Roosevelt, no município de Colniza (1.022 quilômetros de Cuiabá).

Durante a operação, que contou com o apoio da Polícia Militar (PM) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), os agentes também apreenderam três caminhões e uma espingarda que estavam sendo utilizados no crime ambiental.

Quatro suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados pela Polícia Militar à Delegacia de Colniza para os procedimentos legais do flagrante. O total das multas aplicadas aos quatro indivíduos soma R$ 150 mil.

A Estação Ecológica Rio Roosevelt é uma Unidade de Conservação de proteção integral, está localizada em Colniza e possui uma área de 96.168,00 hectares do Bioma Amazônia.

Foto por: Assessoria

Denúncia

O cidadão pode denunciar o desmatamento ilegal e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema pelo telefone: 0800-65-3838, nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

*Com orientação de Lorena Bruschi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

MP entra com ação para alterar forma de recolhimento do Fethab de entidades pelo governo em MT

ter set 28 , 2021
Sefaz arrecada recursos e repassa às entidades do setor. Via G1/MT A Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra pontos da lei que institui o pagamento do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e do decreto que regulamenta o pagamento da contribuição no […]