Governo entrega Delegacia 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e sexual

Evento de inauguração contou com a presença da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, da ministra Damares Alves, que vieram a Mato Grosso a convite da primeira-dama Virginia Mendes

Via Assessoria Secom/MT

Governo entrega Delegacia 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e sexual
Créditos: Secom-MT

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes inauguraram ontem na terça-feira (08.09) a reforma e adequação do “Plantão de Atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual”, no bairro Planalto. A unidade funcionará 24 horas por dia. A solenidade contou com a presença da primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e da líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres, Maria da Penha.

Foram mais de 10 anos de espera e expectativa para que a delegacia pudesse se tornar realidade e finalmente atender mulheres e crianças vítimas de violência doméstica e sexual de forma humanizada e acolhedora.

O governador agradeceu a todos os colaboradores e voluntários que tornaram possível que a delegacia possa começar a atender 24 horas.

“A minha esposa, desde o início do governo, encabeçou esta luta de estabelecer um trabalho 24 horas. Sabemos das dificuldades. Temos hoje um déficit de delegados, nomeamos 30 delegados, mas precisamos de mais. Ela dizia que elas precisam, as mulheres merecem, e as mulheres terão esse equipamento público”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Conforme a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, a delegacia 24 horas servirá de exemplo para outros estados. “A inauguração desta delegacia elevou o patamar de proteção da mulher no país. É um ato histórico para nós. É uma demonstração de carinho, e forma com que vocês conduziram isso aqui é um recado para os agressores de mulheres”.

Maria da Penha Maia Fernandes, líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres que deu nome à Lei Maria da Penha, que penaliza a violência contra a mulher, participou da cerimônia por vídeoconferência. “É uma alegria e uma angústia dar nome a esta lei. A minha história [de violência] entrou em interseção com a história de milhares de mulheres do meu país”, conta sobre a sua trajetória.

Governo entrega Delegacia 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e sexual
Créditos: Secom-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Cerca 425 servidores penitenciários devem ser testados para Covid-19 até sexta-feira (11)

qua set 9 , 2020
Uma equipe de saúde está trabalhando dentro da unidade da PCE. O servidor faz o teste e em alguns minutos recebe o resultado Via Assessoria SESP/MT A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), iniciou, ontem na terça-feira (08.09), a segunda fase […]