Indígena morre após ser baleada por caçadores em MT

Via Midia News

Indígena Marinalva Zaquimae Corezomae, de 33 anos, foi morta a tiros em Mato Grosso — Foto: Facebo

Uma índia identificada como Marinalva Zaquimae Corezomae, de 33 anos, morreu na quinta-feira (24), após ser baleada enquanto caçava, na Aldeia Umutina, em Barra do Bugres (a 165 km de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Civil, os agentes foram acionados pelos médicos do Hospital Municipal sobre uma indígena que deu entrada sem vida com ferimentos de bala.

Segundo relatos, a vítima estava a aproximadamente 15 km da região indígena denominada Piapó, dentro das terras da Aldeia Umutina, quando ocorreu os disparos.

Parentes da indígena afirmaram que haviam pessoas caçando no local, momento que confundiram a vítima com um animal e atiraram contra ela. A mulher foi atingida na clavícula.

O corpo de Marinalva foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde irá realizar exames para elaboração do laudo médico.

A Polícia Civil do Município investiga o homidício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Ferramenta para obtenção de certidões extrajudiciais é disponibilizada pelo MP

sex set 25 , 2020
Via Portal Mato Grosso O Ministério Público do Estado de Mato Grosso disponibilizou na página oficial da instituição (menu Serviços ao Cidadão), ferramenta que possibilita a obtenção de  certidão sobre a existência, ou não, de procedimentos extrajudiciais em trâmite nas promotorias de Justiça. As buscas são realizadas exclusivamente com base […]