Ministério da Educação autoriza curso de Ciências Aeronáuticas na FASTECH de Sinop

Foto: Só Notícias/arquivo

A FASTECH – Faculdade de Tecnologia de Sinop – recebeu o acolhimento positivo do recurso para a autorização de oferta do curso de Ciências Aeronáuticas, junto a Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação. O parecer favorável veio após a instituição ter recorrido de um parecer anterior emitido em fevereiro passado.

O trâmite de autorização de cursos, junto ao Ministério da Educação e Cultura (MEC) é uma tratativa padrão e para o curso de Ciências Aeronáuticas além do aval do governo federal, para a instituição emitir a certificação para pilotos é necessário haver o credenciamento junto a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – que concedeu a homologação em outubro do ano passado.

Para ambas autorizações, fez-se necessário o cumprimento de inúmeros requisitos legais e o recebimento de uma comissão para a vistoria in loco na instituição. Desta forma, o curso de Ciências Aeronáuticas da FASTECH continua sendo o único ofertado na modalidade presencial em Mato Grosso. São 80 vagas anuais.

Atualmente, a FASTECH oferta quatro cursos superiores de graduação: Ciências Aeronáuticas, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção e Estética e Cosmética, todos autorizados pelo MEC.

Outros cursos de graduação tecnológica e bacharelado já foram solicitados pela Faculdade de Tecnologia de Sinop e está no aguardo de tramitação junto ao ministério, informa a assessoria.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/educacao/ministerio-da-educacao-autoriza-curso-de-ciencias-aeronauticas-na-fastech-de-sinop/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Governo do Estado mantém 80 obras em andamento mesmo com impactos da crise

sex abr 17 , 2020
O governo do Estado divulgou, hoje, balanço informando que estão em andamento ao menos 80 obras em Mato Grosso como construção de pontes, restauração, revitalização e pavimentação de rodovias, entre outras. Consideradas essenciais, as obras de infraestrutura tiveram a continuidade assegurada neste período de pandemia do coronavírus (Covid-19), por meio […]