MT tem 101,7 mil inscritos no Enem e 2,8 mil vão fazer a prova digital

Candidato não vai fazer provas no computador pessoal. Elas serão aplicadas em locais previamente escolhidos pelo Inep.

Via Diário de Cuiabá

EstudantesImagem: reprodução

Em Mato Grosso, 101.719 pessoas se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, que terá as provas realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, na versão impressa e, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021, por meio da plataforma digital.

Desse total, 2.819 inscritos participarão do formato digital, que será realizado pela primeira vez.

Os demais (98.900) farão a prova impressa.

Em todo país, 5.783.357 inscrições foram confirmadas, sendo que 96.086 farão a prova pela nova modalidade.

O Ministério da Educação (MEC) prevê que a aplicação do Enem se torne 100% digital até 2026.

Para garantir a segurança, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação dos testes, garante que vem se preparando e submetendo o novo modelo a diversos testes para exaurir todas as possibilidades de tentativas de fraudes ou invasões.

Além disso, o candidato não vai fazer as provas no computador pessoal. Elas serão aplicadas em locais previamente escolhidos pelo Inep.

O candidato não vai conseguir acessar a internet ou outros programas durante a aplicação do Enem digital.

Já a partir do dia 05 de janeiro de 2021, o Inep disponibilizará o Cartão de Confirmação do Enem.

Entre outras informações, o cartão contém número de inscrição, data, hora e local do exame. Também registra que o participante deve contar com determinado atendimento especializado, assim como tratamento pelo nome social, caso essas solicitações tenham sido feitas e aprovadas.

Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que o participante leve o documento nos dias de aplicação. O documento poderá ser acessado na página do “Participante”.

COVID-19 – As pessoas que estiverem acometidas pela Covid-19 ou por outras doenças infectocontagiosas, nos dias de realização da prova, poderão participar da reaplicação das provas, em 23 e 24 de fevereiro de 2021.

Nesses casos, a condição deverá ser comunicada, por meio da página do “Participante”, antes da aplicação do exame. “É importante destacar que os participantes que apresentarem sintomas na véspera ou no dia da prova não deverão comparecer ao exame, primando pela segurança e a saúde coletiva”, informou.

Segundo o Inep, são doenças infectocontagiosas para fins de solicitação de reaplicação do Enem 2020: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e Covid-19.

Em casos como esses, além de registrar o ocorrido na página do “Participante”, o inscrito deverá entrar em contato com a Central de Atendimento do Inep (0800 616161) e relatar a condição, a fim de agilizar a análise do laudo pela autarquia.

A aprovação ou a reprovação da solicitação de reaplicação deverá ser consultada, também, na página do “Participante”.

O Instituto explica que para a análise da possibilidade de reaplicação, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a doença.

Na documentação, deve constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento.

Já nos dias de aplicação do exame, entre as medidas implementadas para o Enem 2020, estão a disponibilização de álcool em gel nas salas e a obrigatoriedade do uso de proteção facial durante a prova. O

participante poderá levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia.

As máscaras serão verificadas pelos fiscais para evitar possíveis infrações e a ocupação das salas de aplicação será de, aproximadamente, 50% da capacidade.

O Enem conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Feto é encontrado no meio da rua em Rondonópolis (MT)

seg dez 28 , 2020
Moradores encontraram feto e avisaram PM que estava de folga. Via G1/MT Um feto foi encontrado jogado em uma rua do bairro Dona Neuma, em Rondonópolis, nesse domingo (27). A coordenação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Rondonópolis informou que o feto tinha aproximadamente 5 centímetros, o […]