Novo decreto proíbe festas de fim de ano em locais públicos de Chapada dos Guimarães (MT) mas permite eventos particulares

Há duas semanas prefeitura liberou eventos particulares com até 80% da capacidade.

Via Agencia Brasil

Réveillon em Chapada neste ano não pode ter aglomeração como nos anos anteriores Foto: TVCA/Reprodução

Um novo decreto da Prefeitura de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, publicado na terça-feira (15), ontem, proíbe aglomeração nas praças e locais públicos, no período de Natal e réveillon neste ano, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

De acordo com o decreto da prefeita Thelma de Oliveira, do PSDB, nas praças e ruas fica proibido o consumo de bebida alcoólica e carros de som.

A restrição não se aplica aos estabelecimentos privados que já fazem uso das calçadas para colocação de mesas e cadeiras.

Outro decreto publicado no dia 30 de novembro liberou a realização de eventos destinados a comemoração respeitado o limite de 80% da capacidade máxima do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5 metro entre pessoas.

No dia do evento, a fiscalização deverá realizar uma vistoria prévia para constatar se o protocolo de segurança está sendo seguido e houver inconformidade, o alvará será suspenso até a adequação.

Ainda, a liberação do alvará para a realização do evento fica condicionado à análise da prefeitura.

O responsável do local onde é realizado o evento sem a liberação do alvará estará sujeito a uma multa que varia entre R$ 500 a R$ 15 mil.

De acordo com a prefeitura, enquanto o nível de classificação de risco do município de Chapada dos Guimarães estiver baixo e moderado não haverá limitação de horário para funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Alunos de MT vão retornar às aulas presenciais em dias alternados em 2021

qua dez 16 , 2020
Um dia o estudante vai para a escola e, no outro, estudará em casa. Seduc disse ter repassado R$ 3,5 milhões às 717 escolas estaduais para que estejam prontas para atender de acordo com as medidas de biossegurança. Via G1 MT As aulas presenciais em Mato Grosso recomeçam em 1° […]