Número de alertas de desmatamento na Amazônia é 2º pior em 5 anos, apontam dados do Inpe

O índice ficou abaixo apenas do recorde histórico de 2019. Julho foi o mês com mais alertas no ano. Aumento para dezembro em relação a 2019 é de quase 14%.

Via G1/MT

Desmatamento na Amazônia bateu recorde nos alertas de desmatamento em outubro de 2020Foto: Reuters

2020 foi o segundo pior ano de desmatamento na Amazônia Legal desde 2015, com um total de 8.426 km², mostram dados atualizados nesta sexta-feira (8) pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe). O mês de dezembro teve um aumento de 14% em relação a 2019.

O índice de 2020 ficou abaixo apenas do recorde histórico de 2019com 9.178 km² alertas. Já em 2018, o número foi de 4.951 km² (veja os números no gráfico).

Os alertas foram feitos pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), que produz sinais diários de alteração na cobertura florestal para áreas maiores que 3 hectares (0,03 km²), tanto para áreas totalmente desmatadas como para aquelas em processo de degradação florestal (exploração de madeira, mineração, queimadas e outras).

O Deter não é o dado oficial de desmatamento (veja detalhes mais abaixo), mas alerta sobre onde o problema está acontecendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Bombeiros de Mato Grosso alerta para e-mail falso de “cobrança de vistoria”

sex jan 8 , 2021
Via Assessoria CBM/MT O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso divulgou ontem, quinta-feira (07), um alerta a população sobre e-mails enviados usando nome da instituição com “cobrança de vistoria”. Conforme a nota, esse tipo de mensagem não é de autoria do Corpo de Bombeiros. Os e-mails oficiais da Corporação sempre possuem o […]