Policiais suspeitos de planejarem roubo a banco são presos com armas e ferramentas em MT

Apenas uma das armas estava irregular. Como não havia provas suficientes sobre o suposto roubo, foi estabelecido fiança e as armas e munições legalizadas foram devolvidas aos policiais.

Via G1 MT

Armas e ferramentas foram apreendidas pela políciaFoto: Polícia Militar/Divulgação

Quatro pessoas foram presas, entre elas dois policiais militares, suspeitas de planejarem roubo a um banco de Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá, no sábado (12). A quadrilha estava hospedada em um hotel da cidade. Com os suspeitos, a polícia apreendeu armas, pé de cabra e outras ferramentas.

Em nota, a Corregedoria Geral da Polícia Militar informou que recebeu a documentação e informações relacionadas à ocorrência envolvendo um cabo e um subtenente, e que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a conduta dos policiais.

“Por se tratar de ocorrência fora do exercício da função militar, a apuração criminal e as medidas adotadas, como a atribuição de fiança e liberação dos policiais, são de competência da Polícia Civil”, esclarece.

De acordo com a polícia, apenas uma das armas estava irregular. Como não havia provas suficientes sobre o suposto roubo, foi estabelecido fiança e as armas e munições legalizadas foram devolvidas aos policiais.

A Força Tática de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, informou que estava em rondas em Campo Novo do Parecis quando foram acionados por funcionários de um hotel que desconfiaram da movimentação dos hóspedes.

Ao chegarem no local, os militares encontraram os quatro homens armados, sendo dois deles policiais lotados na região metropolitana de Cuiabá.

Os dois homens que acompanhavam os PMs tinham passagens pela polícia por tráfico de drogas e roubo de caixa eletrônico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Google diz que instabilidade nos serviços foi resolvida, após milhares usuários relatarem pane

seg dez 14 , 2020
Falha atingiu todas as ferramentas como Drive e YouTube. Reclamações começaram por volta das 8h40 e, segundo o Google, por volta das 9h50 maioria dos serviços estava sendo normalizado para a maior parte dos usuários. Via G1 Usuários do Brasil e de outros países relataram dificuldades para acessar os serviços […]