Juliana Oliveira apresenta o livro “Tecendo Memórias” como produção de mestrado, que traz histórias vivenciadas e narradas pelos próprios alunos do EJA de Colíder (MT); confira

“Tecendo Memórias”, obra literária produzida para conclusão do mestrado da professora Juliana Oliveira Costa e Silva será publicamente apresentado nesta sexta-feira (15), as 19h, na Escola Cleonice Miranda. A entrevista foi no programa “Estação Livre” no quadro “Cidade em Pauta’ apresentado por Claudemir Lima com participação da locutora Rosely Pereira.

Por Claudemir Gonçalves de Lima

Locutor/jornalista Claudemir Lima e a professora Juliana Oliveira, mestranda do PROFLETRAS (Mestrado Profissional em Letras/Unemat – campus de Sinop) Imagem: Altonorte
Locutora Rosely Pereira e a mestranda Juliana Oliveira, Imagem: Altonorte

Recebemos hoje (14) na Rádio Aliança FM dentro do programa Estação Livre no quadro Cidade em Pauta, a professora Juliana Oliveira Costa e Santos para falar sobre sua produção literária “Tecendo Memórias” que traz recortes de histórias contadas por vários alunos do EJA (Ensino de Jovens e Adultos) a partir de suas experiências vivenciadas.

O trabalho é uma produção para conclusão do mestrado em Letras dentro do projeto intitulado “Letramento Literário: crônica memorialística – uma experiência de produção de leitura e escrita na Educação de Jovens e Adultos”. “A pesquisa teve como inspiração a obra ‘Passado a Limpo’, da escritora Icleia Rodrigues”, relata Juliana Oliveira na apresentação do livro.

A professora e mestranda Juliana Oliveira abordou a trajetória percorrida desde o surgimento da ideia de produzir um trabalho literário até a conclusão do livro. Logo no início da construção do trabalho, a pandemia foi um obstáculo a ser superado.

O isolamento social encurtou os laços com os estudantes do EJA e a mestranda Juliana Oliveira teve que romper as barreiras de comunicação impostas pela covid-19 utilizando-se do WhatsApp como ferramenta mútua de interação entre ela e os alunos.

Entre vários recortes de memórias, podemos destacar que um aluno conta sobre seus pais terem comprado uma geladeira a gás, – algo inusitado para ele, – por se tratar de um produto que ainda não conhecia. O estudante narra que seus pais venderam seis cabeças de gado para fazer a aquisição da geladeira a gás, que na época, era objeto praticamente de luxo.

Uma estudante haitiana conta que veio para o Brasil para trabalhar. Seu namorado veio primeiro e conseguiu serviço na JBS Frigoríficos. Ela relata que o sonho dela era conhecer o Brasil e há cinco anos reside em Colíder (MT). São várias histórias narradas por alguns estudantes do EJA.

“Tecendo Memórias” será publicamente apresentado nesta sexta-feira (15) na Escola Cleonice Miranda, ás 19h, para a imprensa, professores, autoridades e convidados. Devido a pandemia, a apresentação ocorre com limite de convidados para evitar aglomerações.

A obra literária não tem finalidade comercial. Foram impressos algumas cópias. Quem tiver interessado em conhecer as histórias narradas pelos próprios alunos no livro poderá baixar o arquivo em PDF.

Baixe o livro em PDF:

Livro “Tecendo Memórias” Imagem: divulgação
Juliana Oliveira Costa e Santos, mestranda do PROFLETRAS – Mestrado Profissional em Letras- Rede Nacional (UNEMAT – Campus de Sinop). Especialista em Língua Portuguesa e Literatura pela Unemat; graduada em Letras (Português/Inglês) pela UNEMAT. Professora do quadro efetivo permanente da Rede Estadual de Ensino do Estado de Mato Grosso desde 2000. Leciona na educação de jovens e adultos de Colíder (MT). Imagem: divulgação/arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Governo prepara entrega de maquinários e equipamentos para produtores de MT

qui jan 14 , 2021
Serão entregues 42 patrulhas mecanizadas, 200 resfriadores de leite, 100 caixas de mel e 7,6 mil doses de sêmen bovino. Esses investimentos integram o programa ‘Mais MT’. Via Assessoria Seaf/MT O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf-MT), entrega nos próximos dias um […]