Quarta-feira de cinzas: confira o horário da missa em Colíder

A quarta-feira de cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário Cristão ocidental. As cinzas que os Cristãos Católicos recebem neste dia são um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

Em Colíder, a igreja católica celebra hoje às 19:30h. missa na igreja matriz e realiza celebrações em todas as comunidades.

A Quarta-feira de Cinzas foi instituída há muito tempo na Igreja; dia que marca o início da Quaresma, tempo de penitência e oração mais intensa. Para os antigos judeus, sentar-se sobre as cinzas já significava arrependimento dos pecados e volta para Deus. As cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças nos fazem lembrar que vamos morrer, que somos pó e ao pó da terra voltaremos (cf. Gn 3, 19), para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa, para não mais perecer.

A intenção desse sacramental é nos levar ao arrependimento dos pecados, é fazer-nos lembrar que não podemos nos apegar a esta vida, achando que a felicidade plena possa ser construída aqui. É uma ilusão perigosa. A morada definitiva é o céu.

A transitoriedade de tudo o que está sob os nossos olhos deve nos convencer de que só viveremos bem esta vida se a vivermos para os outros e para Deus. Só o amor, a caridade, o oposto do egoísmo, pode nos levar a compreender a verdadeira di­mensão da vida e a necessidade da efemeridade terrena.

Fonte: http://www.nortaoonline.com/noticias/colider/10386/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Prefeita de Nova Santa Helena busca CEF para viabilizar obras de infraestrutura

qua fev 26 , 2020
Na última semana a Prefeita de Nova Santa Helena, Terezinha Guedes Carrara (DEM) esteve na Superintendência da Caixa Econômica Federal em Cuiabá-MT para tratar da inclusão do município no Programa FINISA – Financiamento para Infraestrutura e Saneamento. A gestora lembrou que a verba permitirá investimentos em uma série de obras […]