Soja: confira a previsão do tempo para este fim de semana

Segundo a meteorologia, a região Sul deve ter dias mais secos, enquanto na Bahia as chuvas retornaram para ficar. Veja os mapas para os três dias!

A região Sul deve ter outro fim de semana mais seco. Se alguma chuva viera a acontecer será pontual e com baixos acumulados no sul do Paraná. Na Bahia, outra região que precisava muito de chuvas, o fim de semana promete ser bastante satisfatório, com bons volumes de instabilidades. Veja abaixo a previsão para cada estado!

SUL

A sexta-feira será marcada por tempo seco em toda a região. Mas no sábado estão previstas algumas instabilidades no sul do Paraná, oeste de Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. Os acumulados não devem ser grandes, no entanto, como no máximo 5 mm.

No domingo, o destaque fica para as elevações nas temperaturas do Rio Grande do Sul. Uma massa de ar mais quente se aproxima do estado, e eleva ainda mais as máximas, que ultrapassam os 35°C em diversos pontos. Os níveis de umidade relativa do ar ainda ficam bastante baixos. Nas demais áreas do Sul do país, segue a condição de tempo firme, com chuva sobre entre o leste do Paraná e litoral de Santa Catarina, mas que vem ainda de forma muito fraca e passageira.

SUDESTE

A sexta-feira será marcada por tempo seco nas áreas de soja de São Paulo e sul de Minas Gerais. Chuvas mesmo só serão vistas desde o centro do estado até o norte, região que terá os maiores acumulados. Em Unaí, por exemplo, estão previstos mais de 50 mm acumulados.

No sábado nada muda para São Paulo, mas as instabilidades começam a descer e já devem atingir o sul de Minas Gerais. Mas os volumes nesta parte de baixo do estado não passará dos 3 mm.

No domingo, a chuva dá uma trégua sobre todo o Sudeste e o sol e calor do verão começam a voltar finalmente para a região. Devido aos resquícios de umidade, ainda pode chover em grande parte da região, mas de forma mais isolada e passageira, nada que cause grandes preocupações. Tempo firme sobre grande parte de São Paulo (exceto no norte paulista), sul de Minas Gerais e ainda áreas do Rio de Janeiro como Baixada Fluminense, Vale do Paraíba e Costa Verde, sem previsão de chuva.

CENTRO-OESTE

A semana termina sem grandes mudanças no tempo sobre o Centro-Oeste brasileiro. Os acumulados de chuva seguem bastante elevados entre o norte de Goiás e nordeste de Mato Grosso, com volumes que variam de 20 a 50 mm de chuva. Tempo segue firme entre o Mato Grosso do Sul e sul de Mato Grosso, sem previsão de chuva e com calor mais intenso.

No sábado a chuva perde força entre Mato Grosso e Goiás, e os períodos de sol passam a ser mais evidentes, com temperaturas que entram em elevação. Ainda chove, mas de forma mais isolada e passageira. Tempo segue firme sobre Mato Grosso do Sul, e sul de Mato Grosso.

No domingo, sol e calor predominam sobre todo o Centro-Oeste, entre Goiás e norte de Mato Grosso, há previsão de chuva mas de forma bastante isolada e passageira, sem grandes acumulados. Nas demais áreas, o predomínio é de tempo firme, com sol brilhando forte e sem previsão de chuva.

NORDESTE

O grande destaque nesta sexta-feira, é para elevados acumulados de chuva esperados em grande parte da Bahia. Chove de forma bastante intensa também entre o Maranhão, Piauí, oeste do Pernambuco e Ceará e também à combinação entre calor e umidade. Nas demais áreas a chuva vem de forma menos volumosa e mais rápida e passageira.

Nesta sábado, seguem as condições de bastante chuva em grande parte do Nordeste. Depois de muita chuva registrada no Maranhão e também na Bahia nos últimos dias, os acumulados ainda serão significativos, em torno dos 40 a 50 mm de chuva. Chove de forma mais intensa também entre o Piauí, Ceará e oeste do Pernambuco, onde há risco ainda para temporais mais localizados. Já nas demais áreas, há previsão de chuva, só que de forma mais fraca e passageira, nada que cause grandes preocupações.

No domingo, seguem as condições para chuva bastante intensa sobre a Bahia, e que agora se espalham por grande parte do estado, e ainda entre o Maranhão e Piauí. Atenção redobrada para os maiores transtornos que toda essa chuva contínua e volumosa pode causar. Nas demais áreas a chuva vem de forma bastante pontual e passageira, nada que cause grandes preocupações,. A chuva começa a dar uma trégua sobre o território baiano somente no início da próxima semana.

NORTE

Na sexta-feira a chuva ainda ocorre sobre a maior parte da região Norte, com maiores acumulados no Tocantins e também no Acre e sudoeste do Amazonas. Volumes que devem variar entre 30 e 50 mm. Nas demais áreas a chuva ocorre, mas sem grande intensidade. Em Roraima, o tempo firme segue predominando.

No sábado pouca coisa deve mudar, ainda tem previsão de chuva na maior parte da região, ainda com acumulados expressivos no Amazonas, Acre e também em Tocantins, com acumulados elevados, entre 30 a 60 mm de chuva. Tempo firme e temperaturas elevadas seguem em Roraima e oeste do Amapá, aliás já são 70 dias sem chuva significativa em Boa Vista.

No domingo, os acumulados diminuem sobre o Amazonas e Acre, e a chuva vem de forma mais passageira e isolada, assim como em grande parte do Norte do Brasil. Os maiores volumes de chuva serão registrando no sul do Pará e também sobre o Tocantins, com acumulados na casa do 50 mm de chuva. Tempo segue firme em Roraima.

Fonte: https://www.canalrural.com.br/sites-e-especiais/projeto-soja-brasil/soja-confira-a-previsao-do-tempo-para-este-fim-de-semana/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Assunto do Dia 07/03/20

sáb mar 7 , 2020
PARA VOCÊ O QUE É SER MULHER? HOMEM: O QUE MAIS LHE ENCANTA EM UMA MULHER ? CONTE-NOS