Sorriso: filho acusado de agredir a mãe e tentar atacar policial com faca é baleado e morre

A Polícia Militar confirmou, a morte de Roberto Carlos Toigo, 37 anos, que ocorreu no final da tarde do dia 10, em um sítio no distrito de Boa Esperança do Norte (140 km do centro de Sorriso). A versão descrita no boletim de ocorrência é que ele estava bêbado e agrediu a mãe, aplicando golpe ‘mata leão’ e também a ameaçou com uma faca. Em determinado momento, ela conseguiu escapar e pediu ajuda dos vizinhos. A polícia foi avisada, uma guarnição se deslocou ao local e Roberto estaria no sítio ao lado.

Da porteira, os policiais viram ele “correr do carro” para a casa e dizendo que não iria sair ou só sairia morto. Os policiais pediam para que se entregasse e, pouco depois, ele saiu com a faca na mão. Os soldados insistiram que jogasse a faca e deitasse no chão. Ainda de acordo com o boletim, ele não obedeceu e fez a primeira investida e a equipe se afastou. Em seguida, ele teria corrido na direção de um policial que “estava com a arma em punho e apontando em direção ao suspeito” e “não teve outra opção” para cessar a ação “alvejando o mesmo com um disparo”.

Os policiais foram ao outro sítio telefonar para ambulância vir socorrer Roberto. É descrito no boletim que, devido a distância, quando a equipe chegou foi constatado que ele estava morto. Não é informado no boletim em qual região do corpo foi o tiro.

A pistola .40 do soldado foi apreendida para ser periciada no inquérito policial militar. O corpo foi encaminhado ao IML em Sorriso.

Nesta quinta-feira, em Sorriso, policiais militares trocaram tiros com assaltantes. Um menor foi baleado e morreu. Outro atingido foi levado ao hospital e o terceiro ladrão foi preso. O menor que morreu, segundo a PM, têm ‘ficha extensa de passagens pela polícia’

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/policia/sorriso-filho-acusado-de-agredir-a-mae-e-tentar-atacar-policial-com-faca-e-baleado-e-morre/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Nova Mutum: Unemat ajuda trabalhadores a fazer cadastro para receber auxílio emergencial

sáb abr 11 , 2020
Professores e estudantes do curso de Ciências Contábeis estão prestando assessoria e orientando microempreendedores individuais (MEI), autônomos e trabalhadores informais em relação ao auxílio emergencial de R$ 600, autorizado por pelo projeto de lei 13982/2020, do Governo Federal. Oito docentes e seis acadêmicos atendem online esclarecendo dúvidas no preenchimento dos […]