TRF derruba liminar e autoriza decisão que suspende proteção a manguezais

Volta a valer decisão que suspende proteção permanente no litoral

Via Exame

Foto: © null

O desembargador Marcelo Pereira da Silva, do Tribunal Regional da 2ª Região, suspendeu na sexta-feira (2) a liminar que impedia o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) de revogar duas resoluções que revogavam regras de proteção a áreas de manguezais e restingas.

O desembargador acatou um recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU) para derrubar a decisão tomada pela justiça federal do Rio de Janeiro em uma ação popular.

Em sua decisão, o desembargador afirma que a parte autora da ação popular não esclareceu quais prejuízos seriam causados com a revogação das normas de proteção pelo Conama e que as novas regras tiveram como base o Código Florestal brasileiro e a necessidade de regulamentá-lo.

Com a decisão, volta a valer a revogação, mas a decisão do Conama deve enfrentar outras ações judiciais. O próprio Congresso reagiu com a apresentação de dois Projetos de Decreto Legislativo (PDL) para suspender a decisão do Conselho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Governo envia Força Nacional para reforçar combate aos incêndios no Pantanal

sáb out 3 , 2020
Serão enviados 40 bombeiros e 12 viaturas Via Agencia Brasil O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai enviar 40 bombeiros da Força Nacional de Segurança Pública, no próximo domingo (4), para auxiliar no combate aos incêndios na região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul. Os bombeiros atuarão na região por 30 […]