UTI (unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal e Pediátrica volta aos atendimentos no Hospital Regional de Colíder (MT).

Dr° Darci Bicudo (médico pediatra e diretor técnico) e Drª Miriam Alves Moreira (diretora chefa do HRCol)

Uma boa notícia: a UTI Neonatal e Pediátrica volta a firmar o atendimento no Hospital Regional de Colíder (MT). Paralisada desde fevereiro deste ano, devido a rescisão de contrato com a empresa privada, que desistiu das atividades, na justificativa de que haveria uma grande dificuldade de contratar profissionais capacitados para a área. E desde então até o presente momento, os casos de atendimentos urgentes neonatais e pediátricos eram encaminhados para Cuiabá, capital do estado, há 632 quilômetros da unidade.

Na UTI Neonatal são atendidos casos de bebês que apresentam algum tipo de problemas físico quando nascem, prematuros ou em necessidade de acompanhamentos especiais no processo de crescimento.

A informação dada do retorno das atividades agora pela empresa OGTI (Organização Goiana de Terapia Intensiva), pela Drª Miriam Alves Moreira (diretora da unidade do Hospital Regional de Colíder) e Dr° Darci Bicudo (diretor técnico do Hospital), trouxe esperança ás mães e ao sistema de saúde local.

“A pediatria e enfermaria funcionando normalmente, ou seja, neste período de crise agora por conta do coronavirus, algumas coisas nos deixam esperançosos, o retorno da UTI Neonatal”.

À nossa reportagem, Dr° Darci Bicudo relata sobre três casos de crianças que já estão sendo atendidas pela UTI Neonatal. E informa que “são nascidas aqui no município, há dois dias, que necessitaram de acompanhamento intensivo e estão na unidade”.

Reportagem e redação de jornalismo, Claudemir Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Com grande demanda e alta do dólar, soja fecha acima de R$ 95 nos portos do país

qui mar 19 , 2020
Com o dólar renovando máximas históricas acima de R$ 5,20, os produtores no país continuam aproveitando para travar lucros de uma safra plantada quando a cotação da moeda norte-americana estava ainda abaixo de R$ 4, e já encaminharam boa parte das vendas da colheita atual. Além de ajudar na formação […]