30 de Julho: Dia Internacional da Amizade

Via Brasil Escola/Uol

É certo que a amizade deve ser celebrada todos os dias, mas existe no calendário uma data especial, conhecida mundialmente como o Dia Internacional da AmizadeNo Brasil, Uruguai e Argentina, a data é comemorada no dia 20 de julho, apesar da sugestão da Assembleia Geral das Nações Unidas de que todos os países-membros celebrassem o Dia Internacional da Amizade, ou Dia do Amigo, no dia 30 de julho (vale ressaltar que não existe distinção entre o Dia do Amigo e o Dia Internacional da Amizade).

Como surgiu o Dia Internacional da Amizade?

A escolha da data foi impulsionada pelo médico paraguaio Ramón Artemio Bracho, fundador da Cruzada Mundial da Amizade, campanha que visava à difusão da cultura de paz ao realçar a importância da boa convivência entre os povos. Todo dia 30 de julho o médico conclamava paraguaios a reunirem-se para realizar diversas atividades sociais e culturais, com o propósito de oferecer ajuda mútua, fortalecendo assim os valores da amizade.

Na resolução da Assembleia Geral da ONU de 2011, reafirmou-se a importância da data para a difusão da “Cultura de paz e não violência”.
Na resolução da Assembleia Geral da ONU de 2011, reafirmou-se a importância da data para a difusão da “Cultura de paz e não violência”.

O que se comemora no Dia Internacional da Amizade?

Durante a sexagésima quinta sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, realizada no dia 27 de abril de 2011,o Dia da Amizade foi reconhecido como uma importante data, sobretudo para a divulgação da “Cultura de paz e não violência”. A Assembleia culminou na criação de um documento assinado pelos países participantes, entre eles o Brasil, no qual ficou reafirmado a relevância e a pertinência dos seguintes tópicos:

 A importância da amizade como um valoroso e nobre sentimento na vida dos seres humanos ao redor do mundo;

 A conscientização de que a amizade entre os povos, países e culturas, bem como as amizades individuais, pode inspirar na criação de pontes entre comunidades, celebrando assim a diversidade cultural;

 A afirmação de que a amizade pode contribuir para os esforços da comunidade internacional, em conformidade com a Carta das Nações Unidas, para a promoção do diálogo entre as civilizações, da solidariedade, da compreensão mútua e da reconciliação;

 A importância de envolver os jovens e futuros líderes em atividades comunitárias voltadas para a inclusão e o respeito entre as diferentes culturas, bem como para a promoção da compreensão internacional de acordo com a Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Infraero e MPT assinam acordo para combater tráfico de pessoas

qui jul 30 , 2020
Todo ano, 85 milhões de passageiros passam por aeroportos da Infraero Via Agencia Brasil A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero e o Ministério Público do Trabalho (MPT) assinaram hoje (29) um acordo de cooperação para prevenção ao tráfico de pessoas e ao trabalho em condições análogas à escravidão. […]