A base de ferro e fogo, artista da região norte de MT mostra todo seu talento na confecção de produtos em madeira; veja

Uma história de superação e sucesso: conheça Fagner Monteiro artesão de Santa Carmem (MT) que cria utensílios e produtos à base de ferro e fogo em madeiras reaproveitadas.

Por Claudemir Lima (redação)

Fagner Monteiro confecciona produtos e utilidades domésticas á base de madeira e ferro Foto por: arquivo/Fagner Monteiro

Fagner Monteiro é um dos grandes artistas talentosos da região norte de Mato Grosso que precisa ter sua história contada. Agora com 30 anos, sinopense e morador de Santa Carmem (MT) desde criança, Fagner se reinventou após sofrer um acidente em 2019, depois de trabalhar por 9 anos como operador de máquinas agrícolas.

Em 2019, Fagner Monteiro descobriu que tinha lesionado a hérnia de disco lombar com o acidente, o que causava dores acentuadas e dificuldades para andar. No mesmo ano, o artista escultor fez uma operação cirúrgica que teve resultados satisfatórios o que permitiu com que voltasse à fazenda na intenção de retornar ao trabalho. “Mas como minha coluna se tornou um pouco mais frágil e alguns afazeres que realizava antes se tornou mais difícil veio a decisão de sair deste ramo trabalhista”, relata Fagner.

Unindo o útil ao agradável e consequentemente em arte, Fagner resolveu transformar uma barreira em trampolim para o sucesso e despejar toda sua criatividade na criação de produtos em madeira. Foi então que decidiu criar a WIF (sigla quer dizer Wood Iron Fire, que significa, madeira ferro e fogo), uma oficina artística que trabalha com reaproveitamento de madeira. “Decidi abrir minha própria oficina, ser autônomo, estar perto da minha família todos os dias, trabalhando em uma área mais tranquila para minha nova coluna”.

“Eu realizo meus trabalhos com madeiras, faço tábuas rústicas de churrasco e facas customizadas, além de muitas outras coisas, faqueiros rústicos, cabideiros rústico, pingometros, abridores rústicos, o lema da minha oficina é, se pode entalhar, ou forjar. Eu faço, tudo o que pode ser feito com madeira ferro e fogo é feito aqui”, explica Fagner Monteiro.

Perto da família, Fagner Monteiro segue se reinventando e criando novas artes em madeiras que são bem apreciadas e valorizadas por oferecer comodidade no dia-a-dia para as pessoas. E se tem churrasco em família, a tábua criada pelo Fagner está lá atendendo uma demanda importante na hora da confraternização.

Sem contar que o rústico está na moda e não é de hoje. Seja na composição de ambientes da casa ou em decorações de festas, o uso da madeira sempre dar um ar de tranquilidade e ao mesmo tempo traz uma sintonia com o campo. O uso da madeira com o ferro cai bem nestes ambientes e ficar melhor quando tudo isto é transformado em utilidades domésticas, como é o caso do trabalho do Fagner.

“E tudo ficou mais fácil, já que meu sogro tem uma madeireira, então eu aproveito as madeiras, e também as serras usadas e daí saem as peças de madeira e de aço”, salienta Fagner.

Quem quiser conhecer mais os trabalhos do Fagner Monteiro pode entrar em contato pelo telefone 66 99715-8629 (WhatsApp).

Você também pode seguir e acompanhar os trabalhos do artista no Instagram: @wif_fagner ou aponte a câmera do seu celular para o QR Code abaixo:

Conheça logo abaixo um pouco mais do seu trabalho:

– Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
– Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
– Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro
Foto por: arquivo/Fagner Monteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Saúde Estadual lança novo Processo Seletivo para hospitais de MT

seg fev 22 , 2021
Edital visa à contratação emergencial de 278 profissionais de saúde para oito hospitais estaduais que realizam o tratamento da Covid-19 Via Assessoria SES/MT O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), lançou o Processo de Seleção Simplificada nº 001/2021, que visa à contratação emergencial […]