Advogado sofre infarto enquanto dirigia e morre ao bater caminhonete em poste em MT

OAB-MT lamentou a morte de Carlos Eduardo e decretou três dias de luto a partir desta segunda-feira (5).

Via G1 MT

Advogado sofreu infarto enquanto dirigia e morre ao bater caminhonete em poste em Tangará da Serra — Foto: Bem Notícias

Um advogado morreu nesse domingo (4) ao sofrer um infarto fulminante enquanto dirigia e atingir a caminhonete dele em um poste em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. O acidente ocorreu na Avenida Brasil, em frente a um colégio, no Centro de Tangará da Serra.

Carlos Eduardo Campos Borges, de 56 anos, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a unidade de pronto atendimento, mas após várias tentativas de reanimação, ele não resistiu.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte de Carlos Eduardo e decretou três dias de luto a partir desta segunda-feira (5).

Carlos Eduardo Campos Borges, de 56 anos, morreu em Tangará — Foto: OAB/MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Procon-MT alerta para dez direitos do consumidor que todo idoso precisa saber

seg out 5 , 2020
Enquadrado na condição de consumidor hipervulnerável, algumas normas concedem direitos e benefícios diferenciados a esse público. É importante saber tais direitos para poder exigi-los Via Assessoria Procon/MT Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional do Idoso (1º de outubro) reforça os termos da Resolução 46, buscando sensibilizar […]