Agentes de trânsito de Alta Floresta (MT) entregam Nota de Manifesto contra Messias Araújo

Via Mato Grosso Ao Vivo

O Processo Disciplinar Administrativo surgiu após denúncias apresentadas na Controladoria Geral do Município – Foto: Mato Grosso Ao Vivo

Na tarde de terça-feira (06/10/20), cerca de 11 agentes de trânsito que compõem a equipe responsável por monitorar e fiscalizar a conduta dos cidadãos que possuem veículos no município, fizeram valer sua repugnação pelas constantes acusações, denúncias e processos de improbidade que apontam para o atual Chefe da Gestão de Trânsito e Segurança do município, Messias dos Santos Araújo.

Os 11 agentes do quadro funcional do município assinaram por unanimidade a Nota que foi entregue e protocolada pela própria Secretaria Municipal de Planejamento e Administração, Elza Maria Lopes.

O mesmo já responde por Processo Administrativo Disciplinar – PAD, 006/2020, junto a Controladoria Geral do Município e foi recentemente condenado pela justiça, por meio do processo nº 1001769.61.2019.11.0007, que corre na 2º Vara Criminal de Justiça, por prática de abusos e evidências de crimes cometidos na liberação de veículo do pátio do departamento de trânsito, sem que o mesmo estivesse com as documentações em condições de ser liberado.

Na Nota, em forma manifesto de toda uma categoria, os agente indicam duramente que não compactuam e a não admitem serem comandados por um servidor que não corresponde  aos princípios basilares que regem o serviço público, como a impessoalidade, moralidade, urbanidade que configuram conduta delituosa e utilização de cargo público para obter vantagens.

Além disso, os agentes lembram que após inúmeras aparições na imprensa, aonde o servidor é apresentado como um mal exemplo para toda categoria e com isso manchando a imagem de dezenas de profissionais que nunca esperavam ter suas prerrogativas colocadas em xeque por ações que evidenciam práticas criminosas, entendem que precisam se posicionar perante a sociedade afim de dar uma basta e apontar o verdadeiro responsável por essa conduta reprovável.

SEGUE ABAIXO A NOTA PROTOCOLADA NA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Portadores de doenças graves ou deficiências severas podem adquirir veículos com desconto de impostos

qua out 7 , 2020
A Lei Federal n° 8.989/95, trata da Isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na aquisição de automóveis para utilização no transporte autônomo de passageiros, bem como por pessoas portadoras de deficiência física Via Assessoria Detran/MT Mês de outubro, quando ocorre anualmente a campanha Outubro Rosa, voltada para o diagnóstico […]