Construídas lombadas na 163 em Sinop próximo ao trevo de Cláudia; viaduto sem previsão

Foto: Assessoria

Duas lombadas foram implantadas na BR-163, nas proximidades do entroncamento com a MT-423, que dá acesso ao município de Cláudia. Essa foi uma das cobranças da prefeita Rosana Martinelli, dirigentes de entidades e empresários, feitas ano passado, com objetivo de evitar mais acidentes e aumentar a segurança no local onde aumentou muito o movimento de carretas e caminhões com a instalação de diversas empresas. “Diante da perspectiva do aumento da produção, a nossa rodovia está sobrecarregada e temos que viabilizar os acessos para que os motoristas que trafegam por esses locais entrem e deixem a BR-163 com segurança”, destacou a prefeita Rosana Martinelli, através da assessoria.

O secretário municipal de Trânsito, Hermann Friedrichs, disse, ao Só Notícias, que houve liberação da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e “vai melhorar o problema da alta velocidade naquele ponto”. A agência segue analisando outros dois pedidos feitos pela prefeitura. Um deles é um “pacote” de intervenções que contempla três retornos (semelhantes ao que foi feito perto do estádio) e nove “agulhas” de entrada e saída, em um trecho de aproximadamente três quilômetros, que vai do viaduto central até as proximidades parque de exposições. “Está parado (o pedido). A ANTT quer apenas dois retornos e estamos mostrando que precisamos dos três”, detalhou o secretário.

A outra solicitação que segue sob análise é a construção de um trevo, também no entroncamento com a MT-423. Em janeiro, a prefeita se reuniu com empresários e representantes de entidades para discutir o assunto. “Agora, está nas mãos da ANTT”, resumiu Hermann. A proposta encaminhada prevê a construção de dois retornos em nível, agulhas de entrada e saída para acesso a esses retornos e uma melhoria do acesso à MT-423, o que garantirá mais segurança aos usuários da rodovia, bem como aos caminhões que trafegam pelo local e atualmente encontram dificuldades de manobrar, principalmente no período de escoamento da safra.

Conforme Só Notícias já informou, a prefeitura também cobra a construção de uma passarela no Alto da Glória e um ponto de fiscalização eletrônica com redutor de velocidade em frente ao colégio Uilibaldo Vieira, no Florais da Amazônia. O pacote ainda inclui a implantação de nove redutores de velocidade nas marginais João Pedro Moreira de Carvalho e Colonizador Enio Pepino.

Quanto ao viaduto e demais obras a concessionária não menciona quando vai fazê-los. O gerente de relações institucionais da Rota Oeste, Roberto Madureira, disse, em nota da assessoria, que o contrato de concessão da rodovia tem sido discutido no âmbito do governo Federal e disse que há empenho da concessionária em manter o diálogo com os municípios e garantir a viabilidade para a execução de medidas paliativas em pontos emergenciais. “A gente tem todo interesse que se retome o mais rápido possível, porém, a gente tem a responsabilidade que, enquanto isso não acontecer, que é uma discussão maior, buscar soluções e eu dou parabéns para a prefeitura de Sinop porque  nos buscou de uma forma muito propositiva, buscando parcerias. E é isso que estamos fazendo aqui”.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/geral/construida-lombada-para-ajudar-diminuir-acidentes-na-163-em-sinop-proximo-ao-trevo-de-acesso-a-claudia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

SES registra outros seis novos casos suspeitos de coronavírus em MT

seg mar 16 , 2020
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, nesta segunda-feira (16.03), outros seis casos suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. No total, são monitorados 15 casos suspeitos no estado, provenientes de sete municípios; ainda não há casos confirmados oficialmente pelo Estado, conforme sistema do Ministério da Saúde. Os 15 pacientes apresentam […]