Dois ex-secretários de Saúde são condenados a devolver R$ 559 mil aos cofres públicos por irregularidades na aplicação em Sinop (MT)

Francisco Specian Junior e Manoelito deveriam ter aplicado o dinheiro na compra e aplicação de implantes dentários para população de baixa renda. No entanto, faltou documentação para comprovar a realização dos procedimentos.

Por Lo-Hanna Nunes, TV Centro América (G1 MT)

Ex secretários de Saúde são condenados em Sinop (MT) — Foto: Prefeitura de Sinop/Divulgação

Os ex-secretários de Saúde de Sinop, a 503 km de Cuiabá, Francisco Specian Junior e Manoelito Rodrigues foram condenados a devolver R$ 559 mil aos cofres públicos de possíveis irregularidades que teriam cometido quando estavam à frente da pasta. Com as correções e multas, o valor pode chegar a R$ 800 mil.

Manoelito Rodriges disse que está recorrendo da decisão com a documentação exigida que comprova a destinação do dinheiro e que não houve desvio de recursos públicos.

O ex secretário Francisco Speciam Junior também afirmou que vai entrar com recurso para comprovar que não houve irregularidade.

A decisão foi publicada no Diário Oficial e, conforme o documento, os ex-secretários de Saúde não conseguiram comprovar a aplicação R$ 559 mil repassados para o município por meio do Fundo Nacional de Saúde.

O dinheiro deveria ser aplicado na compra e aplicação de implantes dentários para população de baixa renda. No entanto, segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), faltou documentação para comprovar a realização dos procedimentos.

Na avaliação do TCU, os ex-secretários não apresentaram os prontuários médicos, radiografias ou a comprovação de que as próteses foram recebidas. Com a documentação falha, as contas foram julgadas irregulares pelo Tribunal.

Com a condenação, os ex-secretários tem 15 dias para restituir o valor atualizado aos cofres públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Governo prepara compra de kit Covid-19 para evitar internações em UTI, diz presidente da AL/MT

qua jun 24 , 2020
Via Mato Grosso Mais O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que, após reunião com o governador Mauro Mendes (DEM), foi decidido que o Estado irá adquirir “kits Covid-19”. De acordo com Botelho, os kits serão enviados às prefeituras em Mato Grosso. Os […]