Escola de Alta Floresta (MT) aposta em redes sociais para levar informações sobre Covid-19

Os professores produzem um informativo educativo trabalhando as noções básicas de higiene, uso de máscara e a importância do distanciamento social.

Via Secom/MT

Professor José Carlos revisa a edição do informativo educativo para postar nas redes sociais. – Foto por: Divulgação

Em tempos de pandemia, professores e alunos da Escola Estadual Rui Barbosa, localizada no município de Alta Floresta (803 quilômetros ao norte de Cuiabá), se conectam através das redes sociais abordando temas relacionados ao coronavírus. Os professores, por meio do Grupo de Ensino em Ciências da Natureza produzem um informativo educativo trabalhando as noções básicas de higiene, uso de máscara e a importância do distanciamento social.

Segundo o professor de química José Carlos Souza Araújo, um dos idealizadores do grupo, na primeira edição do informativo educativo, o destaque é o álcool em gel, de suma importância quando o assunto é a higienização das mãos.

O professor lembra que a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o uso do álcool em gel a 70% é que a medida mais eficiente de prevenção e combate à pandemia do coronavírus. “Também orientamos nossos alunos e suas famílias que o produto químico tem chama invisível e pode provocar queimaduras. Fazemos esclarecimentos de conceitos voltados para as disciplinas que integram a área das ciências da natureza”, explica.

O grupo produz um informativo educativo semanal que é postado nas redes sociais (entre elas, Facebook, Whatsapp, Youtube, Podcast e Instagram). “Preparamos um conteúdo sobre o papel da ciência no combate à pandemia, bem como assuntos voltados para a divulgação e incentivo da pesquisa científica, o que é de suma importância”, destaca o professor.    

O professor frisa que, no atual momento, a ciência mostra o quanto precisa e merece ser valorizada. Com isso, os alunos passam a entender de forma responsável as diversas informações falsas – as chamadas fake news-  relacionadas às informações sobre a Covid-19, assim como também os demais tópicos científicos.

“Nesse contexto, é possível criar uma aproximação, embora incomum, como é o ambiente fora da sala de aula, uma comunicação educativa e interdisciplinar entre química, biologia, física e outras áreas do conhecimento”, assinala.

Atendimento com responsabilidade

A EE Rui Barbosa, nesse período de coronavírus, faz um atendimento respeitando o distanciamento social, atendendo os seus alunos, imprimindo e fornecendo o material disponibilizado na plataforma Aprendizagem Conectada. Também distribuiu os kits alimentação para os alunos. Recentemente os professores e equipe gestora, têm realizado reuniões virtuais com o objetivo de traçar estratégias para o atendimento das especificidades da nossa comunidade escolar.Clique aqui para acessar o informativo educativo e aqui para o vídeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Corpo de Bombeiros Militar inicia operação de enfrentamento à temporada de incêndios florestais

qui jul 16 , 2020
No primeiro dia da Operação o CBMMT realizou ações de fiscalização em duas propriedades no município de Nova Maringá, resultando em 500 hectares autuados e 750 mil reais em multa Via Assessoria | CBMMT O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), por meio do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) iniciou, […]