Estudantes com deficiência auditiva vão ter acesso à tecnologia do SUS

O prazo máximo para efetivar a oferta ao SUS é de 180 dias

Foto:
© Cyntia Veras/Governo do Piauí

Os estudantes com deficiência auditivo, de qualquer nível acadêmico, vão poder usar a tecnologia do Sistema de Frequência Modulada Pessoal, do Sistema Único de Saúde (SUS), para o tratamento de sua dificuldade de auditiva.

A decisão do Ministério da Saúde consta da Portaria nº 3, de 19 de fevereiro, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20). O prazo máximo para efetivar a oferta ao SUS é de 180 dias, a contar a partir de hoje.

O relatório de recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) sobre essa tecnologia está disponível no site do Conitec.

O relatório diz que “o Sistema FM é considerado uma alternativa dentre outros materiais e recursos da tecnologia assistiva utilizados por alunos com deficiência auditiva, visando auxiliar a integração educativa-escolar”.

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-02/estudantes-com-deficiencia-auditiva-vao-ter-acesso-tecnologia-do-sus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Engavetamento com mais de 200 carros deixa 2 mortos no Canadá

qui fev 20 , 2020
Rajada de neve forte e repentina tirou a visibilidade na estrada de Montreal. Ao menos 50 veículos ficaram completamente destruídos, disse o governo. Um megaengavetamento com mais de 200 carros deixou 2 mortos em Montreal, no Canadá, na última quarta-feira (19). Outras 9 pessoas tiveram ferimentos graves. Cerca de 100 […]