Fávaro pede que projeto que autoriza aviação agrícola contra incêndios seja votado na Câmara

Fávaro lembrou que o projeto, além de aumentar a capacidade do Poder Público em combater crimes ambientais, traz um ganho econômico a um setor que fica ocioso nesta época do ano.

Por Altonorte

Senador Carlos Fávaro (PSD-MT) reforçou o pedido para que a Câmara dos Deputados aprove o PL 4629/2020 Foto por: Assessoria

Na semana em que deputados federais e senadores retornam às sessões, o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) reforçou o pedido para que a Câmara dos Deputados aprove o Projeto de Lei que autoriza o uso da aviação agrícola no combate a incêndios florestais (PL 4629/2020). O texto foi aprovado pelo Senado em setembro do ano passado e desde maio está parado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara, último passo antes de seguir ao a plenário.

“Já estamos novamente sofrendo com o período das queimadas, somente neste ano cerca de 70mil hectares do bioma Pantanal sofreram com as queimas. As cenas são assustadoras e a sociedade espera do Poder Público uma resposta rápida, para que não haja a repetição da devastação que vimos”, destacou Fávaro, o que justifica uma análise mais célere por parte da Câmara dos Deputados.

Atualmente, o projeto encontra-se na CCJC, presidida pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). “Por isso, respeitando a autonomia da Câmara, peço que a deputada coloque este projeto em pauta e que, indo a plenário, o presidente da Casa, deputado Arthur Lira, inclua entre os projetos a serem votados pelos parlamentares. Aprovamos este projeto de forma muito célere no Senado e é de fundamental importância que o mesmo aconteça nesta etapa da tramitação”.

Fávaro lembrou que o projeto, além de aumentar a capacidade do Poder Público em combater crimes ambientais, traz um ganho econômico a um setor que fica ocioso nesta época do ano. “Temos a segunda maior frota de aviões agrícolas no mundo e este é um excelente projeto, não há quem seja contra. Por isso, reitero meu apelo para que a Câmara dos Deputados vote este projeto”.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Pós-colheita inadequada pode gerar perdas de 60% na banana

seg ago 2 , 2021
Adubações potássicas influem na pós-colheita e aumentam resistência dos frutos Via Portal do Agronegócio Cuidados pós-colheita inadequados podem gerar perdas de 40% a 60% na cultura da banana. Com mais de 6 milhões de toneladas produzidas por ano só no Brasil e sendo consumida de várias maneiras e em todas […]