Fila para cirurgias tem 20 mil pacientes depois de suspensão durante a pandemia em MT

Na capital, desde a publicação do último decreto que retoma os serviços públicos, 980 cirurgias foram aprovadas, segundo a Central de Regulação.

Por Lorena Segala, G1/MT

Imagem:reprodução

Mato Grosso tem 20 mil pacientes aguardando retomada das cirurgias eletivas, aquelas que são agendadas, nos hospitais do estado. O acúmulo ocorreu principalmente pela pandemia do coronavírus (Covid-19).

Os procedimentos estão sendo retomados pelos hospitais. Muitos pacientes estão sofrendo há mais de um ano com dores fortes, impossibilitados de trabalhar e até de fazer tarefas domésticas.

Cerca de 23 mil pessoas estão na fila de espera por uma cirurgia eletiva no estado. Em Cuiabá são 9.038, segundo o último levantamento do Ministério da Saúde.

Na capital, desde a publicação do último decreto que retoma os serviços públicos, 980 cirurgias foram aprovadas, segundo a Central de Regulação.

Agora que a ocupação de leitos reservados para pacientes com Covid-19 está em queda, alguns hospitais já começam a planejar a retomada das cirurgias eletivas.

Na Santa Casa, dez leitos de UTI foram liberados e o número total de vagas disponíveis para tratamento de outras doenças subiu para 50.

Apesar da longa espera, quem sofre há meses ainda mantém viva a esperança de recuperar a saúde, com a cirurgia a que tem direito garantido por lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

89 municípios de MT não têm data definida para retorno das aulas presenciais, diz CNM

sex out 16 , 2020
Estudo revela que apenas para aquisição de EPIs aos alunos, a projeção dos custos é de cerca de R$ 76,6 milhões, sendo R$ 37,1 milhões para rede municipal e R$ 39,4 milhões para a rede estadual. Via G1/MT O retorno das aulas presenciais durante a pandemia da Covid-19 ainda é […]