Frigorífico com 92 funcionários com Covid-19 é fechado pela Vigilância Sanitária em MT

A empresa pode retomar as atividades assim que apresentar o resultado dos exames que deram negativo e somente esses funcionários poderão voltar ao trabalho.

Via G1/MT


Frigorífico foi fechado após funcionários serem diagnosticados com Covid-19 — Foto: TVCA/Reprodução

Um frigorífico foi interditado pela Vigilância Sanitária Municipal, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, após 92 funcionários serem diagnosticados com Covid-19. A Vigilância Sanitária esteve no local para confirmar o fechamento da unidade.

Diante do resultado, todos os trabalhadores da empresa deverão ser testados. A empresa pode retomar as atividades assim que apresentar o resultado dos exames que deram negativo e somente esses funcionários poderão voltar ao trabalho.

Em nota, a empresa informou que as atividades só serão retomadas após a desinfecção total na unidade, que acontecerá no próximo fim de semana, além da realização de triagem e os testes.

Leia aqui também: Ministério da Saúde desabilita 89 leitos de UTI para Covid-19 e pede devolução de R$ 12 milhões em MT

A companhia afirmou que desde o início da pandemia tem adotado um protocolo de prevenção contra a Covid-19, conforme as orientações dos órgãos de saúde.

Entre as ações adotadas, estão o afastamento de pessoas que fazem parte do grupo de risco, como maiores de 60 anos, gestantes e todos os que tiveram recomendação médica, a ampliação da frota de transporte dos colaboradores, a desinfecção diária da unidade e uso de equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras e protetor facial.

Por Kethlyn Moraes, Jeyson Nascimento e Dejane Arnhold, G1 MT e TV Centro América

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Ex-secretário é condenado a 18 anos de prisão e a devolver mais de R$ 52 milhões aos cofres públicos de MT

sex jun 19 , 2020
Ex-secretário é condenado a 18 anos de prisão e a devolver mais de R$ 52 milhões aos cofres públicos de MT Via G1/MT A Justiça Federal condenou o ex-secretário estadual de Fazenda Eder de Moraes Dias a 18 anos de prisão e à devolução de R$ 52, 5 milhões por […]