Frigorífico diz que vai fazer testes em 3 mil funcionários após casos de Covid-19

O programa de testes para detectar o contágio pelo novo coronavírus terá início em 2 de junho, e será feito primeiramente na unidade de Várzea Grande (MT)

Via G1/MT

A Marfrig diz que fará testes em 3 mil funcionários da empresa no estado após ter registrado casos de coronavírus em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Uma funcionária do frigorífico morreu com Covid-19, no dia 22 de maio. Maria Neta dos Santos, de 38 anos, trabalhava no setor de desossa, na unidade de Várzea Grande, e fazia parte do grupo de risco.

A empresa anunciou que fará testes em todos os 18 mil funcionários no país.

O programa de testes para detectar o contágio pelo novo coronavírus terá início em 2 de junho, e será feito primeiramente na unidade de Várzea Grande.

Na empresa, já foram registrados 25 casos de Covid-19, conforme levantamento realizado na última semana. À época, a companhia de carne bovina afirmou, por meio de nota, que estava seguindo todas as determinações da vigilância epidemiológica do município.

Ação faz parte da estratégia da empresa para assegurar a saúde e segurança dos colaboradores e foi oficializada em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público do Trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Capes lança programa de desenvolvimento que vai oferecer 1.800 bolsas de pós-graduação

qua jun 3 , 2020
Ação será desenvolvida em parceria com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) Via Agencia do Rádio A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai oferecer 1.800 bolsas de pós-graduação para formação de recursos humanos e desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do país. Serão oferecidas […]