Gerente de Operações da Usina Hidrelétrica de Colíder (MT) desmente boato que circulava em grupos de WhatsApp

Durante o programa “Top Cidades” na Top FM, os locutores Julia Viana e Jorge de Paula receberam um áudio de um ouvinte indagando sobre a circulação de um boato que tratava de iminente rompimento de barragem da UHE/Colíder. O Gerente de Operações da Usina, Artur Neto, entrou em ação e desmentiu a fake-news.

Por Claudemir Lima (redação)

Artur Pinto Ferreira Neto, Gerente da Usina Hidrelétrica de Colíder Foto por: Assessoria

Segundo um boato espalhado em grupos de WhatsApp, a Usina Hidrelétrica de Colíder (MT) não estava comportando mais armazenamento de água e a qualquer momento iria romper, o que provocaria danos ambientais em larga escala. Na mensagem, uma voz feminina perguntava a outra pessoa se ela havia ouvido em outro grupo de WhatsApp sobre o tal possível rompimento de comportas da Usina e que uma autoridade já estava alertando o povo sobre o fato. Na mensagem dizia que a Usina estaria no limite e não daria para segurar “um litro de água a mais” e que já estavam avisando o povo para sair da beira do rio, retirar casas ou barracos próximos. O resumo de tudo é que se trata de uma fake-news: um tipo de mensagem que não traz as veracidades dos fatos, provoca desinformação e medo em quem ouve ou lê.

Segundo o Gerente de Operações da UHE, Artur Neto, a informação não condiz com a verdade. Artur Neto tratou de desmentir o boato e esclarecer os fatos através de uma nota enviada para a Rádio Top FM, no programa “Top Cidades” com Julia Viana e Jorge de Paula.

Sobre os boatos, Artur Neto disse o seguinte: “a Usina Hidrelétrica Colíder possui um reservatório a fio d’água, ou seja, ela não tem capacidade de armazenamento de água. Isto quer dizer que toda água que chega na barragem ela é devolvida para o rio através da turbinas da Usina, ou seja, a água passa pela turbina produz energia e segue o leito do rio ou através do vertedouro da Usina. Desta maneira garante-se que a vazão de água que chega é a mesma que sai mantendo-se desta maneira o nível do reservatório constante garantindo assim a integridade da Usina. Atualmente o nível do reservatório nosso está na porta 271,75 m de água sobre o nível do mar abaixo da cota nominal 272m sobre o nível do mar. Estão na situação bem segura e bem tranquila a do nosso reservatório. As vazões aumentaram significativamente nos últimos dias e tem tendência de continuar um pouco alta em função das chuvas que tem caído na região principalmente aquelas que se incidem sobre o reservatório da Usina. Outro fator que se soma ao aumento de vazão da do reservatório é a geração da usina de Sinop”.

Concluiu: “Dessa forma eu gostaria de tranquilizar a população e informar que essas mensagens que estão sendo transmitidas aí principalmente através de grupos de WhatsApp são boatos infundados. A operação da Usina está segura ocorrendo dentro da sua normalidade, as vazões delas estão dentro da normalidade assim como o nível do reservatório, controlado e sendo monitorado”

O Gerente de Operações da UHE Colíder agradeceu a oportunidade pelo espaço e em caso de dúvidas as pessoas podem se informar através de canais oficiais. O site da UHE Colíder é: www.copel.com/uhecolider.

Em Colíder, o escritório da COPEL, concessionária que administra a Usina Hidrelétrica Colíder está localizada na Avenida Tancredo Neves, 610, setor sul, Colíder-MT. O telefone para tirar qualquer dúvida é 0800 644 5445

UHE Colíder – Foto: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Santo do Dia: conheça a história de São Policarpo

ter fev 23 , 2021
Acompanhe a história do “Santo do Dia” no Programa Enchei-Vos às 06h da manhã todos os dias na Rádio Aliança FM 99,9, com Drº Danilo Alvim e Drª Vilma Alvim O santo deste dia é um dos grandes Padres Apostólicos, ou seja, pertencia ao número daqueles que conviveram com os […]