Grãos pressionam relação de troca no leite

Apesar das altas no preço do leite, a relação de troca continua pior que a observada em 2019

Via Agro Link

Imagem ilustrativa: BBC

O preço do leite ao produtor registrou nova alta em setembro, levando a cotação para valor recorde de R$ 2,13/litro na média Brasil. Em Goiás o preço chegou a R$ 2,25/litro. O menor preço e praticado no Rio Grande do Sul, com R$ 2,00/litro. Na média dos últimos doze meses o valor pago é 55% maior. 

Para o consumidor a alta em setembro foi de 4,17%. Todas as categorias tiveram aumentos no mês, com destaque para o leite UHT que subiu 6% no mês e já acumula alta de 27% em 12 meses. O leite em pó acumula alta de 10,8% em 12 meses e 3% em setembro.

Apesar das altas no preço do leite, a relação de troca continua pior que a observada em 2019 devido aos preços de milho e soja. No último mês foram necessários 38 litros de leite para aquisição de 60 kg de mistura concentrada (70% milho e 30% farelo de soja).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Pesquisa mostra aumento da confiança de professores para ensino online

seg out 19 , 2020
Estudo também revela dificuldades enfrentadas por educadores Via Agencia Brasil Pesquisa com professores que lecionam em 26 estados e no Distrito Federal, em 118 cidades brasileiras, mostra que 82,4% deles se sentem extremamente ou muito confiantes com relação ao seu preparo técnico para o ensino online, enquanto, no início da pandemia do […]