INCRA reativa unidade avançada de Colíder (MT) e retoma atendimento aos assentados de 22 municípios da região

O escritório de Colíder foi fundado em 1981 e extinto em 2017, conforme determinação da portaria nº 426, de 13 de julho do mesmo ano, com suas atribuições sendo repassadas à Unidade Avançada de Peixoto de Azevedo.

Via Assessoria

A Unidade Avançada de Colíder do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) foi reativada nesta terça-feira (09.06). A solenidade teve a presença do prefeito Noboru Tomiyoshi, do superintendente regional Ivanildo Teixeira Tomaz, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ronaldo Vinha. A reabertura da unidade é comemorada pelos gestores de 22 municípios da região e agricultores familiares de 53 projetos de assentamentos.

O escritório de Colíder foi fundado em 1981 e extinto em 2017, conforme determinação da portaria nº 426, de 13 de julho do mesmo ano, com suas atribuições sendo repassadas à Unidade Avançada de Peixoto de Azevedo. Em seu lugar seria criada a Unidade Avançada Noroeste de Mato Grosso, com sede no município de Colniza.

“Então, não poderíamos deixar de brigar e, graças a Deus, conseguimos a restituição dessa unidade”, enfatiza Ivanildo Tomaz. “Agora, vamos começar um novo trabalho nessa região, que tem uma demanda muito grande, com muitos assentamentos que necessitam da titulação. Com essa parceria com as prefeituras, acho que este ano ainda vamos conseguir fazer algum trabalho”, relata.

Apesar de legalmente extinta, as prefeituras bancaram as despesas da Unidade Avançada de Colíder para que o atendimento do Incra às 12 mil famílias não parasse de vez. “As prefeituras, destacando Colíder, Paranaíta, Cláudia e Nova Canaã do Norte, nos deram suporte para prosseguirmos até que fosse mudado o decreto. Hoje, estamos conseguindo fazer a reabertura da unidade, mantendo a estrutura. Lembrando que essa é a única unidade de Mato Grosso que tem sede própria”, diz Paulo Nunes, chefe do escritório.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ronaldo Vinha, pontua que a reabertura do escritório do Incra em Colíder agilizará a regularização fundiárias nos mais de 50 assentamentos de agricultores familiares. “Isso é muito importante para a nossa região, onde ainda existem inúmeras propriedades sem os seus títulos. E essa titulação é feita pelo Incra. Com a reativação, as coisas vão melhorar nesse sentido”, afirma.

Um dos principais envolvidos na campanha para a reativação do escritório de Colíder do Incra foi o vereador Marcos Aragão (Marquinhos). Além de provocar uma audiência pública contra a extinção da unidade, realizou diversas viagens a Brasília e a Cuiabá para buscar a reversão do fechamento da unidade.

Texto: Sergio Ober

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Vamos que vamos!! Mani no ar !!! Você TOPA ???

qua jun 10 , 2020
Participe pelo Whatsapp 66 99640-8907