Juliana Mani fala sobre a importância do Marketing Digital para empreendedores de Colíder (MT)

Juliana Mani fala sobre Marketing na Rádio Aliança FM, no programa “Estação Livre” com Claudemir Lima, dentro do quadro “Cidade em Pauta” com a participação da locutora Rosely Pereira.

Por Claudemir Lima (da redação)

Juliana Mani Foto por: @arquivo pessoal

Vamos falar sobre marketing? Nestes últimos quatro dias o assunto “empreendedorismo” esteve em discussão no “Cidade em Pauta” no Programa “Estação Livre”. Sobre empreendedorismo temos muito ainda o que conversar, debater e aprender: noutros momentos novos entrevistados contarão os seus cases de sucesso e retornaremos com a mesma pauta na bancada de entrevista. Já nesta sexta sexta-feira (16), falamos sobre Marketing convencional e o Digital com uma convidada especial daqui da casa, do Grupo Alvim de Comunicação, a Juliana Mani, que é locutora, jornalista no Portal Altonorte e formanda em Tecnologia em Marketing pela Unopar/EAD (Universidade do Norte do Paraná).

Juliana Mani apresentou sua história na comunicação e como tudo começou em sua carreira, desde quando iniciou em 2013 na TV Piraíba, em Colíder (MT), trabalhando no departamento administrativo da emissora. Na emissora de TV, a Mani permaneceu por quatro anos, aprendeu a editar imagens no setor de produção, foi repórter, com a oportunidade de desenvolver o jornalismo a campo. Depois, Juliana Mani veio para o rádio. E seu primeiro emprego como radialista foi na Rádio Educadora.

Em Colíder (MT), a Rádio Educadora AM recepcionou vários comunicadores do rádio ao longo de décadas, sendo a primeira emissora radiofônica do município, transitando gloriosamente pela “época de ouro” do rádio. Juliana Mani relata – como prova do carinho do povo pelo rádio -, que sua mãe, ouvinte assídua da Educadora AM 650, mandava sempre ‘cartinhas’ para a emissora no dia de seu aniversário a parabenizando e isso, evidentemente, de sua parte, ganhou um sentimento memorável com a emissora. Falando sobre a Rádio Educadora e convergência e participação do rádio com e/ nas plataformas digitais, Mauro Batista, (lembrado com carinho na entrevista de hoje pela equipe), diretor do Grupo Alvim de Comunicação, é o responsável em engenhar, planejar, as interações das três emissoras de rádio, Band FM, Top FM e Aliança FM, com as mídias sociais.

 Logo após deixar a TV, a Mani embarcou no desafio de atuar no rádio, coincidentemente na Educadora AM (como já registramos aqui), quando a emissora estava em fase de digitalização e transformação para o FM (Frequência Modulada). A Mani acompanhou a modelação do AM para o FM na Educadora, quando passou a ser Top Norte FM 89,7, na qual trabalha como locutora oficial de dois programas, apresentando o “Eu Topo” das 11h às 13h e o “Acelerando” das 19h às 21h. Na Rádio Aliança FM, Juliana Mani ficou por dois anos comandando o “Aliança 99” e os “Clássicos da Aliança” e continua com sua voz participativa na emissora trazendo as principais notícias do Portal Altonorte por meio das chamadas em hora em hora do Atualizando.

As pessoas estão cada vez mais conectadas com as mídias sociaisFoto por: pixabay

Após apresentar um breve currículo interpelada pela nossa curiosidade em conhece-la melhor, Mani trouxe o assunto do dia: marketing. Segundo Juliana Mani, o marketing pode ser (e funciona) para empresas ou pessoas. Ela explica que o marketing é uma junção de ideias para promoção de empresas, pessoas, marcas, produtos específicos. Neste meio de ações do marketing, encontra o caminho do digital, que veio pela necessidade de se comunicar com um público antenado, atualizado, da nova geração, que se conecta em diversas plataformas de mídias sociais.

Segundo Mani, o marketing se desdobra de 15 formas ou estratégias para dar conta do recado de convencer um determinado público para sua finalidade. Ela citou as 15 modalidades de atuações estratégicas do marketing que se utiliza de diferentes meios: o Digital, Tradicional, Direto, o de Relacionamento, o de Guerrilha (mais ativo/direto), o Marketing Verde (que trabalha as temáticas dos conceitos de sustentabilidade social), entre outros métodos de Marketing, como o Institucional (utilizado mais por grandes empresas que possuem assessorias específicas); o Social, o de Conteúdo, Inbound Marketing, Outbound Marketing, Marketing Viral, Vídeo Marketing e o de Afiliados.

Juliana ressalta que no meio digital acontece as divulgações de marcas de conteúdo (produtos, lojas físicas ou virtuais) muitas das vezes com utilização de blogueiros e influenciadores. O objetivo dos influenciadores digitais é promover determinado produto por meio da popularidade destes influenciadores nos canais sociais (medias). Em suma, seja com a posse de recursos digitais ou de modo tradicional, segundo Juliana Mani, o marketing tem claramente a proposta de provocar atração e engajamento de clientes/consumidores e aumentar as vendas de determinados produtos.

Mídias sociais são utilizadas para atingir os mais variados consumidores – Foto por: @reprodução

Juliana aponta três concepções negativas das pessoas sobre a utilização do Marketing como aliado do negócio. Primeiro erro: achar que não precisa de Marketing de forma nenhuma. Segundo Mani, este primeiro erro cria uma barreira logo de imediato na adoção do marketing estratégico. Muitas pessoas acreditam que somente o “boca a boca”, a divulgação entre amigos/conhecidos, é suficiente. Pode ajudar. Porém a utilização dos meios de comunicação social atalha boa parte do trajeto para se ter sucesso na promoção de vendas na empresa, que faz com que funcione com mais ciência o velho clichê “quem é visto/ouvido é lembrado”. Ela citou o exemplo do marketing da Coca-Cola que faz com que o refrigerante seja o mais lembrado e consumido como uma bebida de comemoração familiar ou de amigos.

Mani cita outros erros clássicos, que estão relacionados ao primeiro: achar que não precisa fazer divulgação da empresa nas mídias sociais, no rádio e outros canais. Ela pontua que é importante saber como divulgar o produto para alcançar o público-alvo. Na hora de fazer uma publicação numa mídia social, como por exemplo, Instagram ou Facebook, é importante conhecer muito bem quem vai acessar as informações e quando vai haver esta interação, ou seja, qual melhor horário e que arte é mais atrativa ao seu nicho de mercado. Quase sempre, uma arte com muitas informações não conseguem produzir o efeito desejado de atração pela marca ou produto. Tem tudo isso, entende? Ainda segundo Juliana Mani, muitos acham que não é necessário nem mesmo utilizar as redes sociais. Para concluir sobre vários preconceitos com o marketing, alguns (minorias), acreditam que sua empresa não precisa fazer campanhas promocionais.

Quando devo divulgar?

Agora. Após sabermos que devemos conhecer nosso cliente e como ele quer ser tratado, que é certamente com muito respeito, entra o momento de fazer a divulgação. Aonde devo fazer? Juliana cita que atualmente as mídias sociais permitiram ou obrigaram as convergências dos meios tradicionais de comunicação. O rádio continua sendo o veículo de maior credibilidade quando o assunto é informação e sinônimo de companhia quando o assunto é a facilidade para tê-lo por perto. Sem precisar desligar quando se faz outra tarefa (até mesmo dirigir o carro), o rádio continua sendo o veículo mais falante nas casas dos brasileiros ao longo do dia, segundo a Kantar Ibope. E o rádio passou rapidamente por uma atualização. Exemplo desta conversão rápida com outro meio é esta própria entrevista de hoje que saia no ar nos aparelhos domésticos, ao vivo pelo Facebook e compartilhado simultaneamente pelos usuários e também ouvintes.

Sobre a importância de fazer marketing, Mani frisa que a pessoa sempre lembra daquilo que foi anunciado. Quando uma empresa divulga que vende determinada mercadoria ela cria, automaticamente, uma venda futura ou imediata, porque no instante que a pessoa precisar daquela mercadoria ou objeto ela vai lembrar da empresa anunciante. Em muitas das boas situações que ocorrem, o ouvinte compartilha com sua rede de relacionamentos (amigos) sobre o lugar que vende determinado produto.

Ouvindo rádio no carroFoto por: FreePik

Mani enfatiza que o marketing oferece significativos pontos positivos que culminam, principalmente, na entrada de mais clientes consumindo na sua empresa. Em caso de dúvidas de como fazer um planejamento de marketing estratégico para sua empresa é importante procurar os profissionais da área para ajudar nesta tarefa. Em alguns casos, a empresa pode também buscar influenciadores locais para trabalhar melhor o marketing de relacionamento nas mídias sociais. Juliana frisa que, ultimamente, o Instagram possui muitas ferramentas que facilitam no maior alcance da publicações, com alguns procedimentos gratuitos através do tráfego orgânico. Em alguns casos, estudando a forma correta, pode ser aplicado o trafego pago que é aquele que a própria rede social se encarrega de espalhar as informações. Mani explica que antes de postar o material de divulgação, – como já citado -, é importante saber quais são os horários que a divulgação recebe mais acessos dos usuários. E nem sempre quantidade de publicações significa qualidade, afirma Mani.

O assunto de hoje da nossa entrevista foi teoricamente mais acadêmico e precisaria de um tempo extenso para falar separadamente (e com calma) de cada setorização do marketing. Mas o foco da entrevista foi ressaltar que as pessoas precisam utilizar o marketing para divulgar seus produtos. E podem começar da forma simples e ir utilizando algumas dicas para ir melhorando.

As entrevistas acontecem no programa “Estação Livre” dentro do quadro “Cidade em Pauta” e são transmitidas ao vivo na fanpage do Altonorte. Por meio da live sempre produzimos um (este) material jornalístico para o portal Altonorte. Inclusive você pode assistir o vídeo da live convergido (tal da convergência midiática que descrevemos logo acima) ao YouTube que está disponível logo abaixo para que possa se inteirar de mais detalhes. Fique à vontade por aqui e volte sempre ao nosso portal!

Claudemir Lima (Aliança FM/Altonorte), Juliana Mani (entrevista – Top FM/Altonorte) e Rosely Pereira (Aliança FM) Imagem por: Mauro Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

"Santo do Dia" (17/04): Conheça a História de Santo Aniceto

sáb abr 17 , 2021
Via Franciscanos Santo Aniceto Aniceto nasceu na Síria e foi sucessor do papa são Pio I, em 155, no tempo em que Antônio era o imperador romano. Entretanto, além da perseguição sistemática por parte do Império, o papa Aniceto teve de enfrentar, também, cismas internos que abalaram o cristianismo. A […]