Justiça afasta prefeito Emanuel Pinheiro do cargo

O prefeito e sua esposa, tiveram mandados de afastamento dos cargos cumprindo no âmbito da Operação Capistrum

Via Diário de Cuiabá

Justiça afasta prefeito Emanuel Pinheiro do cargo – Foto por: @reprodução

 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) foi afastado do cargo por decisão do desembargador Luiz Ferreira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, na manhã desta terça-feira (19).          

O prefeito e sua esposa, a primeira-dama Márcia Pinheiro, tiveram mandados de afastamento dos cargos cumprindo no âmbito da Operação Capistrum, que apura ilícitos praticados da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá.      

O chefe de gabinete do prefeito, Antônio Monreal Neto, teve mandado de prisão cumprido.    

Também são cumpridas nesta manhã busca e apreensão e sequestro de bens na residência do prefeito e da primeira-dama, do chefe de Gabinete Antônio Monreal Neto, da Secretária Adjunta de Governo e Assuntos Estratégicos Ivone de Souza e do ex-Coordenador de Gestão de Pessoas Ricardo Aparecido Ribeiro.      

Os mandados ocorrem por pedido do Ministério Público Estadual e a Polícia Judiciária Civil, através do Naco (Núcleo de Ações de Competência Originária) da Procuradoria-Geral de Justiça.      

Os pedidos foram acolhidos pelo Tribunal de Justiça no âmbito do procedimento de nº 47.520/2021, o qual corre em segredo de justiça.      

Além da medida criminal determinada pelo Tribunal de Justiça, o Ministério Público propôs, através do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, ação cível por ato de improbidade administrativa visando a aplicação das sanções da lei de improbidade, bem como apresentou pedidos de indisponibilidade de bens e afastamento de agentes públicos.

Com o afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro, assume o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa.

SURPRESO – Por meio de nota enviada à imprensa, o prefeito Emanuel Pinheiro disse estar surpreso com a decisão que determinou o seu afastamento de suas funções.

Leia íntegra da nota da prefeitura:

“O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, informa que recebeu notificação judicial na manhã de hoje (19) sobre investigação do Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Recebeu com surpresa decisão que gerou afastamento de suas funções em razão de apuração por contratação irregular de servidores da Saúde em Cuiabá. Amparado pela transparência, o gestor púbico posteriormente irá se manifestar à população e imprensa. Reitera que está à disposição das autoridades competentes e vai colaborar para o pronto esclarecimento dos fatos.”  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Polícia Civil e PRF apreendem 3,1 toneladas de defensivos contrabandeados do Paraguai

ter out 19 , 2021
A ação contou com o apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis Via Assessoria PJC/MT Mais de três toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados do Paraguai, avaliadas em mais de R$ 3 milhões, foram apreendidas em uma ação conjunta da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil e Polícia Rodoviária […]