MP/MT promove vídeo conferência na próxima terça (09) para cadastramento de projetos e entidades

Via Assessoria MP/MT

Desde que foi instituído, no final de fevereiro deste ano, foram incluídos no Banco de Cadastramento de Projetos, Fundos e Entidades (Bapre) do Ministério Público do Estado de Mato Grosso 179 iniciativas. Na próxima terça-feira (09), às 9h30, o MPMT realizará uma videoconferência com promotores de Justiça que atuam nas áreas da cidadania, consumidor, infância e Juventude, meio ambiente e patrimônio público para discutir o assunto.

O Bapre foi criado com o objetivo de disciplinar o cadastramento de  interessados em figurar como beneficiários de recursos oriundos de Termos de Ajustamento de Conduta ou Acordos resultantes da atividade finalística do MP/MT. A iniciativa buscou também assegurar a centralização das informações em nível estadual e facilitar a viabilização e destinação dos recursos.

Entre os projetos já cadastrados e homologados no Bapre, estão iniciativas para  avaliação da erosão na Bacia do Alto Paraguai como atendimento às demandas públicas; investimento em infraestrutura laboratorial para o monitoramento e avaliação da qualidade dos recursos hídricos do Estado de Mato Grosso; captação de recursos para aquisição de armamento às forças policiais da região de Peixoto de Azevedo; construção de centro do idoso em Juína; entre outros.

“As informações foram centralizadas na Procuradoria-Geral de Justiça e constam no Sistema Integrado do Ministério Público (SIMP), com a possibilidade de consultas, extração de relatórios gerenciais e acompanhamento das atividades desenvolvidas pelos órgãos de execução”, explicou o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Rotam detém quadrilha especializada em golpe de site de compra

sex jun 5 , 2020
Via Assessoria Secom/MT Uma equipe da Rotam prendeu nesta quinta-feira (04.06), seis pessoas, sendo uma mulher, três homens e dois adolescentes por estelionato, na área central de Cuiabá. Conforme o boletim de ocorrência, os militares já tinham conhecimento de dois boletins de ocorrência do estado de Mato Grosso do Sul, […]