Orgulho autista é celebrado hoje, 18 de junho, mas caminho para inclusão ainda é longo

O Dia Mundial do Orgulho Autista, 18 de junho, foi instituído para esclarecer a sociedade sobre as características únicas das pessoas diagnosticadas com algum grau do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e busca normalizar a neurodiversidade, ou seja, o reconhecimento de que o funcionamento cerebral de algumas pessoas é diferente do que é considerado típico.

Via Agencia Senado

A família de Ana Carolina Quariguasy (foto: Arquivo pessoal) Fonte: Agência Senado

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que leva a um deficit, em maior ou menor grau, em pelo menos uma das seguintes áreas: interação social, comunicação e comportamento. Não tem causa definida ou conhecida, mas já se sabe que influências genéticas e ambientais, ainda no desenvolvimento do bebê, desde o útero, podem estar ligadas ao diagnóstico.

O Dia Mundial do Orgulho Autista, 18 de junho, foi instituído para esclarecer a sociedade sobre as características únicas das pessoas diagnosticadas com algum grau do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e busca normalizar a neurodiversidade, ou seja, o reconhecimento de que o funcionamento cerebral de algumas pessoas é diferente do que é considerado típico.

Criada em 2005, a comemoração, a cada ano mais popular também no Brasil, conta com a adesão do Senado Federal. A intenção é demonstrar à sociedade que o autista não tem uma doença, mas apenas apresenta condições e características especiais que trazem desafios e também recompensas aos seus familiares e à comunidade.

— É uma data muito importante, pois representa o reconhecimento e a valorização das pessoas autistas — destaca o senador Paulo Paim (PT-RS), presidente da Comissão de Direitos Humanos (CDH), em entrevista à Agência Senado. Como em 2019, ele havia proposto uma audiência pública para registrar a data este ano, mas a pandemia do novo coronavírus, que impede aglomerações, não permitiu o encontro.

Outra celebração importante para os autistas é o 2 de abril, Dia Nacional de Conscientização sobre o Autismo, data instituída pela Lei 13.652, de 2018, proposta pelo senador Flávio Arns (Rede-PR).

— As duas datas fortalecem a reflexão e a compreensão sobre as especificidades do espectro das pessoas com autismo. Também chamam a atenção sobre as condições que a nossa sociedade e o nosso Estado oferecem a esses brasileiros e suas famílias, de uma forma ampla, sistêmica, abrangendo os diversos aspectos da vida — explicou o senador à Agência Senado.

Fonte: Agência Senado

Leia aqui: Ministério da Educação autoriza aulas online no ensino superior até dezembro

Pré-candidatos se unem; um deles vai disputar a Prefeitura de Alta Floresta (MT)

Pré-candidatos se unem; um deles vai disputar a Prefeitura de Alta Floresta (MT)

One thought on “Orgulho autista é celebrado hoje, 18 de junho, mas caminho para inclusão ainda é longo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Com crescimento de casos de covid-19 em Colíder (MT); novo decreto poderá normatizar funcionamento de bares

qui jun 18 , 2020
com Assessoria* Segundo a Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital Regional de Colider (MT), apesar de todo o esforço, o número de casos positivos para covid-19 apresenta crescimento acelerado no município. Conforme o boletim informativo publicado ontem na quarta-feira (17.06)), os casos positivos já chegam a 60, sendo 26 […]