Orkut “volta à ativa” e leva internautas à loucura; confira

Rede social existiu entre 2004 e 2014 e foi desativada após o sucesso do Facebook

Via UOL/Exitoina

Google Imagens

Antes do Facebook se tornar a rede social com mais usuários ativos, contabilizando 2,271 milhões segundo o relatório Digital in 2019, do site We Are Social, divulgado em janeiro deste ano, o Orkut era o grande sucesso da internet.

Criada pelo engenheiro turco Orkut Büyükkökten, do Google, a comunidade digital foi criada em 2004 e deixou saudades quando foi desativada, dez anos depois, em 30 de setembro de 2014. Porém, um fã resolveu reativar a rede social e a nova página do Orkut levou internautas à loucura na manhã desta terça-feira (04).

Na realidade, o “relançamento” da plataforma não é tão novidade assim e surgiu inicialmente em março deste ano, também gerando empolgação entre os saudosos da rede social. Na mensagem de aceite, antes de acessar a rede social, pode-se ler as especificações da comunidade:

“O Orkut.br está sendo desenvolvido por um fã da rede social que em sua homenagem está recriando o Orkut do zero, buscando utilizar as mesmas ferramentas e design do site original”, diz o texto. “Você não vai ter acesso à sua antiga conta do orkut.com, mas pode criar uma conta nova e adicionar seus amigos, enviar recados, depoimentos, participar das comunidades e muito mais”.

Mesmo não sendo tão novidade, quem ainda não sabia da “volta do Orkut” comemorou nas redes sociais e muitos já criaram seus perfis na comunidade digital. Confira as reações de internautas:

Mentiraaaaa q Orkut voltou💕💕💕 pic.twitter.com/6xi03H8Nji— ♥︎ 𝔹𝕖𝕝a҉S҉e҉n҉p҉a҉a҉i҉ ☾ (@belasenpaai) August 4, 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Justiça acata pedido de vizinhos e proíbe cantor Jefferson Moraes de realizar lives em condomínio fechado, em Goiânia

qua ago 5 , 2020
Moradores alegam no processo que as festas na casa do sertanejo se tornaram rotina após a pandemia. Administração do condomínio multou o cantor, segundo a Justiça, por barulho acima do permitido em legislação. Via G1/Globo Moradores do condomínio Alphaville Araguaia, em Goiânia, insatisfeitos com o alto som propagado pelas supostas festas […]