Peixoto de Azevedo (MT): “tenho objetivo de continuar servindo ao povo”, diz tenente-coronel Gildázio, candidato a prefeito

O Portal Altonorte está realizando uma série de entrevistas para apresentar o perfil de cada candidato a prefeito na região norte de Mato Grosso

Por Claudemir G. de Lima

Tenente-coronel Gildázio Alves da Silva, candidato a prefeito em Peixoto de Azevedo (MT) – Imagem: arquivo TSE

EM PEIXOTO DE AZEVEDO (MT)

Em Peixoto de Azevedo (MT), 06 candidatos a prefeitos oficializaram os registros no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para disputa do executivo municipal. O ultimo prazo para pedir registro de candidaturas foi até o dia 26 de setembro.

Segundo os dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Peixoto de Azevedo (MT) têm 22.057 eleitores aptos a votar. Sendo que 20.062 estão cadastrados no sistema biométrico. Eleitores que não se cadastraram no sistema biométrico correspondem a 1.995, mas poderão votar normalmente nas eleições para vereadores, prefeito e senador (a).

Segundo o censo 2020 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o município de Peixoto de Azevedo (MT) têm 35.338 habitantes.

O CANDIDATO ENTREVISTADO DE HOJE

O entrevistado de hoje do portal Altonorte é o tenente-coronel Gildázio Alves da Silva, formado em Direito e Segurança Pública. O Tenente Coronel Gildázio entrou no Exército em 1987, passou pelo GEFRON (Grupo Especial de Segurança da Fronteira) em 2017 e possui duas pós graduações: em Direito Civil e Segurança Pública e se aposentou recentemente, após 32 anos de serviço prestados na carreira militar.

Após se aposentar recentemente, em agosto deste ano, o tenente-coronel Gildázio resolveu “servir ao povo” de uma forma diferente; participando das decisões políticas municipais. Para isso, colocou seu nome á disposição para o executivo no pleito eleitoral do dia 15 de novembro. “Agora tenho objetivo de continuar servindo a população”, diz o candidato.

O tenente-coronel Gildázio vem para a disputa com seu vice Joelson Leonel da Silva, numa chapa única que disputa majoritariamente o cargo executivo, ou seja, não há vereadores na coligação. “Para substituir vereadores pegamos lideres de bairros que lutam por mudança na politica de Peixoto”, explica. O partido é o PTC (Partido Trabalhista Cristão) e o lema de suas propostas de trabalho é “Peixoto bem cuidada”.

Perguntado sobre o motivo pelo qual pretende ser prefeito, o tenente-coronel Gildázio diz que ” por conta do cenário atual do Brasil e entender que estou preparado intelectualmente e em experiência pratica de gestão, a fim de mudar a cara de Peixoto de Azevedo (MT). Como oficial fazemos especialização no nível de capitão para lidar com administração e suas funcionalidades e no nível de Tenente Coronel fazemos outra especialização para lidar com planejamento, projetos em níveis estratégicos, preparando nos para comandar a policia militar do estado de Mato Grosso, uma organização com 7.500 homens nos 141 municipios do estado. Por isso julgo estou preparado e a população apreciar meus 32 experiência como oficial“.

Aos candidatos entrevistados na apresentação de perfil informativo, pedimos sempre um resumo das propostas para os leitores. Vejamos as propostas do candidato a prefeito por Peixoto de Azevedo (MT), do tenente-coronel Gildázio e seu vice Joelson: “aprimorar softwares de gestão, com implantação de ferramentas para obter eficiência na arrecadação, apresentação dos gasto público e prestação de serviços online ao cidadão; qualificar e capacitar do corpo de funcionários da Prefeitura e em todas as esferas, com cumprimento as novas competências política-administrativas adquiridas pelo município. Implantando programa de qualificação e incentivo a produtividade dos servidores públicos municipais; implantar plataforma de ensino com as práticas de moral e civismo nas escolas, denominada escolas militares, tornando escola mais segura e organizada; realizar reformas de todas as escolas da cidade de Peixoto de Azevedo e do Distrito de União do Norte; participar ativamente na defesa dos interesses do Município, vista a definição das politicas estaduais e nacionais de saúde; criar a clínica e Hospital da mulher, a fim de atuar preventivamente em doenças que assolam as mulheres. reformar os postos de saúdes, criando um ambiente de trabalho agradável para a recepção do publico a ser atendido; prover a cidade com serviços adequados de assistência social que atendam com qualidade toda população; prover da correta aplicação dos recursos recebidos e prestação dos serviços prestados pela assistência social; fomentar e atrair a vinda de empresas de grande porte para cidade de Peixoto de Azevedo (MT); viabilizar local para servir de Polo Industrial em Peixoto, a fim de atrair empresas para sediar no município; realizar restruturação e revitalização dos canteiros com jardinagem e arborização ao longo de toda a BR, no perímetro que corta toda centro urbano de Peixoto de Azevedo-MT, da entrada até a ponte, com placas de indicação; instalação de Academia ao Ar Livre e pista de caminhada ao longo dos canteiros na paralela da BR – no canteiro de frente a câmara municipal; melhorar a limpeza urbana e manejo adequado de resíduo sólidos eficientes e que atuam de acordo com a legislação ambiental; reavaliar a concessão do sistema de abastecimento de agua , melhorando o atendimento em todos os bairros e investigar a possível implantação de abastecimento de água no distrito, no sentido de busca de melhoria; fomentar parcerias de Construção de novas unidades habitacionais, a fim de reduzir o. déficit habitacional em parceria com Governo Federal e Estadual; criar o museu histórico da cidade de Peixoto de Azevedo, preservando a historia e memória da cidade; manter parceria com as forças de segurança do Município a fim de fortificar ações estruturantes, fins de prevalecer a ordem e a paz, na cidade e na zona rural; prover a cidade de serviços e equipamentos esportivos para atendimento adequado da população e fomentar os jogos escolares municipais e na participação regional, elevando o nome de Peixoto de Azevedo através dos esportes”. O plano de governo do candidato pode ser acessado no DivulgaCandContas do TSE ou clique AQUI.

Perguntamos também se é possível mudar o mundo através da política. O candidato tenente-coronel Gildázio expressa da seguinte forma seu ponto de visão: “Entendo que precisamos oxigenar a politica de Peixoto de Azevedo e mudar o método de se fazer politica, sem toma la da cá. E aqui é uma célula do Brasil, onde o poder politico gira em torno de pequenos grupos e queremos que a gestão municipal olhe mais a maioria da população em suas necessidades e qualidade de vida. Por isso entendo que através da politica podemos mudar nosso local de convívio e onde amamos morar”.

EM MATO GROSSO

Segundo informações do banco de dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as 141 prefeituras de Mato Grosso são pleiteadas por 479 candidatos a prefeito.

No legislativo municipal em todo o estado são 1.350 cadeiras vagas para vereadores e são concorridas por 11.478 candidatos.

Do total de candidatos a prefeitos e vereadores, segundo registros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 66% deles são homens e 34% mulheres.

O voto é obrigatório para brasileiros entre 18 e 70 anos e facultativo para analfabetos e jovens entre 16 e 18 anos.

O prazo para tirar o título de eleitor e outros serviços, como a regularização, transferência e inclusão do nome social, terminou no dia 6 de maio de 2020.

ENTREVISTAS AOS CANDIDATOS A PREFEITO NA REGIÃO

O Portal Altonorte está realizando uma série de entrevistas para apresentar o perfil de cada candidato a prefeito na região norte de Mato Grosso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Maraisa e namorado rompem namoro mais uma vez

ter out 6 , 2020
Via RD1 Chegou ao fim mais uma vez o namoro de Maraisa com o sertanejo Fabrício Marques. Segundo a coluna de Leo Dias, do jornal Metrópoles, apesar do término, os dois continuam sendo amigos. Como já virou costuma dar unfollow no ex quando o namoro chega ao fim, Fabrício afirmou que não fará […]