Polícia Civil e parceiros atuam em operação de combate ao desmatamento ilegal no norte de MT

O estado de Mato Grosso, atualmente, utiliza-se de sistemas capazes de identificar o local do desmatamento ilegal via satélite

Via Assessoria PJC/MT

Foto por: Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) e Gerência de Operações Especiais (GOE), em parceria com o Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia Militar (BPPM) e Secretaria do Estado do Meio Ambiente (Sema), deflagrou na última sexta-feira (19.05), a operação “Guardiões do Bioma 2, com o objetivo de combater o desmatamento ilegal na região norte do estado.

Até o momento, em ação realizada no município de Nova Ubiratã, três pessoas foram autuadas por crime ambiental e apreendidos dois tratores que eram utilizados para prática de desmatamento ilegal, em áreas de preservação permanente, áreas embargadas e exercendo atividades sem licença do órgão estadual responsável.

O estado de Mato Grosso, atualmente, utiliza-se de sistemas capazes de identificar o local do desmatamento ilegal via satélite e por meio do sistema é possível monitorar e identificar o crime, efetuando uma ação de controle sob o dano ambiental ilegal.

A delegada titular da Dema, Liliane Murata, destacou que as operações de combate ao desmatamento ilegal são constantes e a delegacia especializa atua dentro da sua competência, com objetivo de combater a prática de crimes e a degradação ambiental, além da responsabilização penal dos envolvidos.

“Nesta operação temos como foco pessoas tentam por meio do desmatamento impedir a regeneração natural do solo, utilizando-se de queimadas ilegal, desmatamento em área de especial preservação e atividade potencialmente poluidora sem autorização do órgão responsável, causando sérios danos à sociedade mato-grossense”, disse a delegada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Doria anuncia desistência da candidatura à Presidência

seg maio 23 , 2022
Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desistisse de disputar o cargo neste ano Via Portal R7 Em meio à pressão feita por correligionários, o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (23), a desistência de sua pré-candidatura à Presidência da República nas eleições deste ano. O paulista afirmou […]