Polícia Civil recupera gado furtado e investiga associação criminosa envolvida em furtos na região

As 25 novilhas foram levadas de uma fazenda em Nova Xavantina e localizadas em propriedade em Ribeirão Cascalheira

Via Assessoria PJC/MT

Foto: PJCMT

Vinte e cinco cabeças de gado furtadas de uma propriedade rural em Nova Xavantina foram recuperadas pela Polícia Civil do município nesta quarta-feira (09.09). Os animais foram apreendidos em uma fazenda na cidade de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste da capital).

Além da recuperação, a ação resultou na identificação de membros de uma associação criminosa responsável por furto de gado praticado na região. Um homem foi detido para esclarecimentos.

As diligências iniciaram logo após o proprietário da fazenda, situada a sete quilômetros da cidade, procurar o Polícia Civil para relatar os fatos ocorridos na madrugada do domingo (06.09). Conforme a vítima foram levadas 25 novilhas da propriedade.

Durante investigação, os policiais civis descobriram que os suspeitos haviam utilizado um caminhão tipo gaiola para retirar os animais do local. Dando continuidade às diligências, os investigadores localizaram o veículo usado para o transporte e o motorista detido para esclarecimentos.

Foto: PJCMT

Segundo a apuração da Polícia Civil, os animais haviam sido levados para uma fazenda em Ribeirão Cascalheira. Os investigadores foram até o local e conseguiram encontrar as 25 novilhas furtadas, que foram reconhecidas pela vítima.

Após o procedimento de apreensão e fechamento do curral, o rebanho foi embarcado e transportado de volta para Nova Xavantina.

Os suspeitos não estavam na fazenda, no entanto, o dono da propriedade rural e uma terceira pessoa responsável pela receptação do gado foram identificados e responderão por receptação, associação criminosa e supressão ou alteração indevida na marca de animais. O suspeito havia colocado sua marca sobre a marca de origem de alguns animais.

As investigações continuam para identificação de outros possíveis envolvidos no crime.

Foto: PJCMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Servidores da Seduc têm até 30 de setembro para realizar declaração de bens e rendas

qui set 10 , 2020
A regra vale para os profissionais lotados no órgão central da Seduc, no Conselho Estadual de Educação, unidades escolares, Assessorias Pedagógicas e Cefapros. Via Assessoria Seduc/MT O prazo para os servidores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) fazerem a Declaração de Bens anual, termina no dia 30 de setembro. […]