Portaria do Ministério da Saúde prevê repasse de R$ 30,7 milhões para ações de vigilância sanitária

Via Agência CNM de Notícias

Agentes da vigilância sanitária em Sorriso — Foto: Assessoria

O Ministério da Saúde deve destinar R$ 30,7 milhões referente ao Piso Variável de Vigilância Sanitária (PV-Visa) para o fortalecimento e execução das ações de Vigilância Sanitária voltadas ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi ratificado no Diário Oficial da União com a publicação da Portaria 2.298/2020. O percentual repassado aos Municípios será de 12,64% desse montante.

Os recursos financeiros federais serão custeados com dotações orçamentárias constantes do Programa de Trabalho Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e alocados no Fundo Nacional de Saúde (FNS), responsável pela transferência aos Municípios, Estados e Distrito Federal. Assim como esses entes, os Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen) também irão receber parte dos valores transferidos.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que as iniciativas de vigilância em saúde são apresentam um amplo espectro. Essas ações podem ser no âmbito da prevenção e controle de doenças transmissíveis, verificação de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, saúde ambiental e do trabalhador.

Da Agência CNM de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Numa Comissão mista, Paulo Guedes será ouvido pelo Congresso sobre gastos para contenção da covid-19

seg ago 31 , 2020
Via Agencia Senado O ministro da Economia, Paulo Guedes, participará na próxima terça-feira (1º) de audiência pública virtual da comissão mista do Congresso Nacional que acompanha as medidas do governo federal durante a pandemia de coronavírus. Na reunião, marcada para as 10h, Guedes deverá dar informações aos senadores e deputados sobre as últimas […]