Prazo do abono do PIS/Pasep vai até sexta e 2,5 milhões de pessoas ainda não sacaram

O PIS/Pasep referente ao ano base de 2019/2020 começou a ser pago em 25 de julho de 2019 e fica disponível para saque até 29 de maio

Via R7 Notícias

Foto: Reprodução R7

A dois dias do fim do prazo para a retirada do PIS/Pasep referente ao ano base de 2019/2020, 2,5 milhões de pessoas com direito ao abono salarial não sacaram o benefício. O número representa 11% do total. O valor não retirado e que está disponível para o saque chega a R$ 1,6 bilhão.

O benefício começou a ser liberado em 25 de julho de 2019 e vai até esta sexta-feira (29). Quem perder a data continua a ter direito ao benefício. A Secretaria de Trabalho, do Ministério da Economia, afirma que é assegurado o prazo prescricional de 5 anos para ter acesso ao abono salarial.

No caso do PIS, segundo a Caixa, responsável pelo pagamento do benefício aos trabalhadores da iniciativa privada, dos 21,8 milhões aptos a receber, 19,6 milhões sacaram o dinheiro, desde o início do pagamento, em julho de 2019, num total de R$ 17 bilhões. O total ainda disponível é de R$ 1,3 bilhão.

Já o Pasep, de acordo com o Banco do Brasil, que realiza o pagamento do abono as funcionários públicos, ainda estão disponíveis para saques cerca de 370 mil abonos, totalizando cerca de R$ 300 milhões.

Por Ana Vinhas, do R7 Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

PF cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news em MT e outros estados

qua maio 27 , 2020
Via Agencia Brasil A Polícia Federal (PF) cumpre, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (27), ordens judiciais determinadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), As ordens judiciais tratam de investigações sobre fake news (inquérito nº 4.781), conduzidas pelo ministro Alexandre de Moraes. Os policiais federais cumprem 29 mandados de busca e […]